Saiba o que fazer quando o credor avança para cobrança judicial

É importante que esteja ciente que, enquanto devedor, todos os seus bens respondem pelo pagamento das suas dívidas.

Quando o consumidor e a entidade credora não chegam a acordo e a situação de incumprimento se mantém, o credor pode avançar para a cobrança judicial da dívida.

Perante a cobrança judicial o consumidor vê:

  • A dívida aumentar em função dos custos associados à cobrança judicial,
  • Penhoras, apreensão judicial, de rendimento e bens que são vendidos para cobrirem os montantes em dívida.

É importante que esteja ciente que, enquanto devedor, todos os seus bens respondem pelo pagamento das suas dívidas.

Assim, sempre que o consumidor seja confrontado com um processo judicial deverá recorrer aos serviços de um advogado e caso não tenha condições económicas para tal poderá solicitar o Apoio Judiciário junto dos serviços da Segurança Social.

Conheça estes e outros conselhos no guia completo disponível aqui.

Conte sempre com o nosso aconselhamento e orientação na gestão das suas finanças pessoais e apoia o consumidor sobre-endividado.

Procure a DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, Youtube e no nosso site DECO.

Recomendadas

Equipamentos de aquecimento mais eficientes: quais os benefícios?

Referimo-nos a benefícios adicionais como o conforto térmico, a qualidade do ar, a redução do impacte ambiental ou a valorização do imóvel, cuja não consideração pode levar a que se subestime o real valor de melhorar o seu sistema de aquecimento.

Governo anuncia recrutamento de 200 trabalhadores para reforçar Autoridade Tributária

Autorização foi dada esta semana pelo ministro das Finanças. João Leão, e revelada esta terça-feira, pelo secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes.

Jantar de natal: como escolher o melhor bacalhau e polvo

Neste natal, é importante escolher bem o bacalhau ou o polvo que irá servir na ceia de natal. A DECO tem alguns conselhos para si.
Comentários