Saiba o que muda com a nova etiqueta energética

Uma boa escolha permite contribuir para uma maior sustentabilidade ambiental e diminuir os valores nas faturas de eletricidade.

A etiqueta energética é uma ferramenta que permite aos consumidores analisar e comparar a eficiência de cada eletrodoméstico, como frigoríficos, televisores, máquinas de lavar, e diversos outros artigos.

Uma boa escolha permite contribuir para uma maior sustentabilidade ambiental e diminuir os valores nas faturas de eletricidade.

Temos hoje no mercado uma nova etiqueta energética, que, embora divulgada já em 2020, ao longo deste ano será definitivamente aplicada a todos os eletrodomésticos. Desde 1 de março de 2021 que a nova etiqueta começou a ser apresentada em máquinas de lavar loiça e roupa, frigoríficos e congeladores e até 1 de setembro será aplicada nas fontes de iluminação.

Quais são as grandes diferenças entre esta e a antiga etiqueta?

  • A nova escala energética é caracterizada de A a G, desaparecendo as classes “+”.
  • A colocação de um QR que permite que os consumidores obtenham mais informação sobre os aparelhos em causa, bastando para isso ler o código com recurso a um smartphone.
  • A apreciação em relação ao consumo energético varia agora consoante cada tipo de eletrodoméstico. Por exemplo, no caso dos frigoríficos apresenta um consumo indicado de caracter anual, já nas máquinas de lavar loiça e roupa referem-se a um consumo por 100 ciclos e nos ecrãs e lâmpadas indicam um consumo por 1000 horas de utilização.
  • Em relação ao desempenho e características dos eletrodomésticos, os pictogramas, ou seja, os símbolos apresentados na etiqueta poderão variar e apresentar uma escala de A a D.

Procure-nos em: DECO MADEIRA na Loja do Munícipe do Caniço, Edifício Jardins do Caniço loja 25, Rua Doutor Francisco Peres; 9125 – 014 Caniço; deco.madeira@deco.pt; ou contacte-nos para o número: 968 800 489.

Recomendadas

Investimento imobiliário: estes são os passos essenciais para quem quer investir. Veja o “Economize”

Acompanhe o “Economize” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.

Sempre que compro numa loja virtual de outro país tenho que pagar taxas aduaneiras ou alfandegárias? Saiba aqui

Se a sua encomenda ficar retida e receber um aviso de desalfandegamento, deve enviar os seus dados pessoais, a fatura de compra e o comprovativo de pagamento para o serviço internacional dos CTT de modo a receber a sua encomenda após o pagamento das taxas e impostos devidos.

Acesso a tarifa social de Internet em banda larga adiado para 2022

“O valor da tarifa social de fornecimento de serviços de acesso à Internet em banda larga é fixado por portaria do membro do Governo responsável pela área da transição digital, para produzir efeitos no dia 01 de janeiro do ano seguinte”, lê-se no decreto-lei, que cria aquela tarifa social.
Comentários