Saiba o que tem de fazer antes de assinar um contrato de arrendamento

Procure de forma intensiva todas as opções do mercado, visto que uma análise com mais ponderação e paciência pode fazer toda a diferença.

Arrendar casa, principalmente a certa para a vida que se pretende ter no futuro, pode ser um momento de grande ansiedade e de grandes desafios financeiros, especialmente agora que o valor da renda está cada vez mais alto.

Antes de assinar o contrato, o consumidor deve ter em consideração o perfil da habitação, isto é, a sua localização, o valor da renda, a tipologia da casa, se prefere com ou sem mobília e ambiente envolvente. Analise todos os detalhes e não escolha à pressa. Fale com amigos e familiares para saber se conhecem alguém que esteja a arrendar um imóvel.

Antes do sim, visite primeiro a casa. Não se deixe ficar só pelas fotografias, visite sempre o espaço primeiro. Peça informações, verifique o estado do sistema elétrico, da canalização, do mobiliário e eletrodomésticos (se este caso se aplicar). Se possível, peça para confirmar a certidão de registo predial, a caderneta predial, a licença de utilização, o próprio certificado energético, o seguro obrigatório contra riscos de incêndio e a identificação do proprietário.

Se precisar de ajuda, conte com a DECO.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, Youtube e no nosso site DECO.

Recomendadas

Sodexo reembolsa mais de 325 mil euros em cartão refeição com IVAucher

A Sodexo Portugal é a única empresa de benefícios extrassalariais aderente ao programa IVAucher.

Tarifa Social: quem tem direito a este desconto?

Sabia que, se tem dificuldades financeiras, pode beneficiar de um desconto na sua fatura de eletricidade e gás natural? Veja aqui tudo sobre a Tarifa Social.

O que é a Central de Responsabilidades de crédito do Banco de Portugal?

O que é a Central de Responsabilidades de crédito do Banco de Portugal e a importância da sua consulta? Saiba mais aqui.
Comentários