Saiba qual é o supermercado mais barato (e mais caro) na sua região

Jumbo recupera a liderança entre as cadeias de supermercados com preços mais em conta, mas nada como ver qual a melhor opção concelho a concelho. Poupanças podem chegar às centenas de euros por ano.

Os supermercados Jumbo lideram a lista das cadeias de supermercados que oferecem preços mais baixos em Portugal, divulgada esta semana, pela Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor. A lista é feita com base nos preços recolhidos entre setembro e novembro de 2017.

A marca portuguesa do grupo francês Auchan recuperou o título de supermercado líder no preçário, depois de o ter conquistado em junho e de o ter perdido para o Continente Modelo e o Continente, que agora figuram em segundo e terceiros lugares, pela mesma ordem.

No Jumbo, para uma família que gasta 150 euros por mês nas grandes superfícies comerciais, a poupança pode atingir os 250 euros anuais, segundo os cálculos da Deco, feitos através da investigação a 110.290 preços de um cabaz selecionado com 141 produtos em 70 concelhos nacionais.

Por exemplo, no Lidl e no Minipreço o consumidor dispende mais 14% do que no Jumbo. À semelhança do líder, o Pingo Doce também subiu um lugar face ao último estudo – em outubro, o custo médio do cabaz era 10% mais caro do que a cadeia mais barata e, neste momento, a diferença é só de 7%.

ranking das cadeias mais baratas em Portugal é elaborado através da análise às que estão presentes em, pelo menos, dez distritos. As lojas que vendem os produtos do cabaz selecionado por um preço inferior ficam com melhor classificação (a mais barata obtém índice 100). Quanto às restantes, vão registando índices superiores (cada ponto acima de 100 significa que o mesmo cabaz fica 1% mais caro).

Para perceber se as cadeias de supermercados mais baratas a nível nacional correspondem igualmente às mais baratas da região [distrito e concelho] em que vive, clique aqui.

Recomendadas

Projeto Sitestar promove literacia digital dos mais novos

Esta iniciativa promove, através da criação dos sites, aprendizagens relacionadas com o planeamento de projetos, o desenvolvimento do espírito de trabalho em equipa, a criação de conteúdos escritos e audiovisuais, o respeito pelos direitos de autor, incentiva e auxilia na invenção e implementação das ideias dos alunos, a adotarem um sentido critico que lhes permita navegar em segurança e com mais confiança na internet.

Neste natal, saiba o que fazer caso a sua compra online fique interdita na alfândega

A carta ao Pai Natal pode exigir que faça encomendas de artigos vindos de um país extracomunitário. Cumprir este desejo pode ser numa prova de esforço que implica conhecer a legislação, enfrentar burocracias e custos, e ainda lidar com a encomenda ficar retida na alfândega.

Não deixe as suas compras natalícias para a véspera

Quem compra por impulso arrepende-se mais, tentando depois a troca. Trocar um bem comprado numa loja física que está em perfeitas condições é uma cortesia do comerciante. A troca só é obrigatória se houver defeito. Não se esqueça de escolher cuidadosamente, de recolher toda a informação sobre o produto, de o experimentar, se for possível, e combinar a possibilidade de troca. Evitará conflitos.
Comentários