Salário mínimo no Luxemburgo sobe para mais de 2 mil euros/mês

No dia após a eleição nacional, os ministros luxemburgueses concordaram em aumentar o salário mínimo em 1,1%, atingindo assim os 2 mil euros.

Após as eleições nacionais, o governo luxemburguês concordou em aumentar o salário mínimo em 1,1%, uma subida de 20 euros.

Para o trabalhador não qualificado, o salário mínimo atinge os 2.071.07 euros e para os trabalhadores qualificados o rendimento é agora de 2.485.29 euros, escreve o ”Luxembourg Times”.

Os ministros também decidiram aumentar a renda de inclusão social (REVIS), bem como a renda para pessoas com deficiência grave (RPGH) em 1,1%.

As novas medidas deverão ter efeito a partir de 1 de janeiro de 2019.

Recomendadas

Manifesto defende eucalipto para atingir neutralidade carbónica em 2050

O ‘Manifesto por uma Floresta não Discriminada’ critica a “onda de demagogia que se tem vindo a avolumar nos últimos meses” e “o ataque que se tem registado contra o eucalipto”.

Cimeira ibérica de amanhã centrada nas relações fronteiriças

A cimeira ibérica de Valladolid marca estreia de Pedro Sánchez na qualidade de primeiro-ministro de Espanha.

Hoje há greve dos juízes. Magistrados judiciais reconhecem “custos sociais”

Qual o impacto da greve no funcionamento dos tribunais e na vida dos cidadãos? O presidente da ASJP reconheceu que a greve terá “custos sociais”, insistindo na ideia de que “infelizmente” os juízes não tinham outra alternativa.
Comentários