Salas de cinema registam quebras na ordem dos 96% em julho

Segundo os dados do Instituto do Cinema e do Audiovisual, as salas de cinema nacionais receberam no último mês cerca de 78 mil espectadores, o que traduz uma quebra de 95,6% comparativamente à audiência em 2019,

As salas de cinema portuguesas registaram uma redução de audiência e receitas na ordem dos 96%, uma redução ligeira comparativamente a junho quando o tombo atingiu os 99%

As salas de cinema nacionais receberam no último mês cerca de 78 mil espectadores, o que traduz uma quebra de 95,6% comparativamente à audiência dos cinemas portugueses no período homólogo em 2019, segundo dados agora divulgados pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), que dá conta também de um recuo de 96,1% ao nível das receitas de bilheteira, fixando-se o valor alcançado em Julho nos 382,4 mil euros.

Analisando os resultados do acumulado do ano, entre janeiro e julho a receita total foi de 14,2 milhões de euros, representando já uma quebra na ordem dos 68,8% relativamente aos primeiros sete meses de 2019. Já o número total de espectadores até ao final de Julho deste ano situa-se nos 2,6 milhões, o que corresponde a uma redução de 69,2% face ao período homólogo no ano anterior.

Recomendadas

Novo Banco: ASF diz que comprovou idoneidade de todos os ligados à compra da GNB Vida

“Os beneficiários desta aquisição são 19, 19 investidores pessoais, que têm participações no fundo Apax. (…) Sabemos quem são os beneficiários últimos, esta pessoa não consta”, afirmou a presidente da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), em audição na comissão de orçamento e finanças.

Carris prolonga horários dos autocarros por causa da derrocada na Praça de Espanha

O serviço noturno do autocarro “746”, que percorre a zona do Marquês de Pombal até Sete Rios, foi prolongado até à 1h00, depois do desabamento nas obras que provocou ferimentos ligeiros em quatro pessoas.

Tecnoplano vai fiscalizar obra de expansão do Metro de Lisboa

Às empreitadas já adjudicadas acrescerá a fiscalização dos subsequentes contratos por adjudicar de acabamentos e equipamentos das estações túneis, poços de ventilação e viadutos, asseguram os responsáveis da empresa.
Comentários