Santander assessorou Finerge na compra de parques eólicos

Em comunicado enviado às redações, a Finerge, segundo maior produtor de energia eólica, revelou esta segunda-feira que adquiriu à Brookfield Renewable dois parques eólicos situados em Arganil e em Montalegre, reforçando assim a sua posição de operador de energias renováveis no país.

O Santander Corporate & Investment Banking atuou como assessor financeiro exclusivo da First State Investments/Finerge na aquisição à Brookfield de dois parques eólicos em Portugal – Toutiço, em Arganil, e Lomba do Vale, em Montalegre –, que têm uma capacidade instalada de 123MW.

O banco atuou ainda como Mandated Lead Arranger no refinanciamento, tendo liderado o sindicato de bancos financiadores da operação, revela a instituição financeira.

Em comunicado enviado às redações, a Finerge, segundo maior produtor de energia eólica, revelou esta segunda-feira que adquiriu à Brookfield Renewable dois parques eólicos situados em Arganil e em Montalegre, reforçando assim a sua posição em Portugal.

Com esta nova aquisição, a Finerge passa a deter em Portugal uma carteira eólica com uma capacidade instalada operacional superior a 1GW, o que a coloca de forma destacada como o segundo maior operador de energias renováveis no país.

Pedro Norton, CEO of Finerge, refere na mesma nota que “Portugal continua a ter muitas oportunidades para o crescimento da Finerge, exemplo disso é esta aquisição. Queremos consolidar a nossa posição em Portugal e continuar a ser um player de referência no país”.

Esta operação é a terceira grande aquisição da First State Investments em Portugal assessorada e financiada pelo Santander Corporate & Investment Banking, desde a aquisição da própria Finerge à Enel Green Power em 2015 por um valor de 900 milhões de euros (na altura com 645MW de capacidade instalada), passando pela aquisição da Âncora Wind (172MW) à Ventinveste em 2017, e culminando agora nesta aquisição.

“Em todas estas operações, o Santander Corporate & Investment Banking prestou um serviço de assessoria financeira completo à First State Investments/Finerge, incluindo a atuação como assessor financeiro exclusivo na aquisição, assessor na estruturação da dívida e líder do sindicato de bancos financiadores”, refere o banco.

A First State Investments gere investimentos de aproximadamente 150 mil milhões de euros em vários tipos de classes de ativos a nível global, sendo um dos líderes mundiais na área de infraestruturas. Neste segmento, o valor atinge 8 mil milhões de euros.

A Finerge já investiu este ano 200 milhões de euros na compra de cinco parques eólicos.

 

Ler mais
Recomendadas

Portugal soma mais de 8,4 mil milhões em fusões e aquisições de empresas até novembro

As operações de M&A aumentaram nos primeiros 11 meses do ano, em termos homólogos, mas as compras no setor Imobiliário nacional tiveram uma retração de 2%, segundo o Transactional Track Record.

António Andrade é o novo sócio da Abreu Advogados

O novo sócio da Abreu, que transita da VdA, vai reforçar a aposta do escritório em Propriedade Intelectual com especial enfoque na área da ciência farmacêutica e de biotecnologia.

Consultora alemã Mirow & Co está a recrutar em Portugal

“Somos uma alternativa bem-vinda à própria McKinsey e BCG”, garante o empresário alemão Andreas Mirow, sócio e fundador da empresa, em entrevista ao Jornal Económico.
Comentários