Santander põe 120 alunos de 20 universidades a participar na European Innovation Academy

Destaque para a Universidade do Porto e o Instituto Superior Técnico: cada uma das instituições traz mais de 20 alunos para competirem diretamente com jovens de UC Berkeley e U Michigan, entre outras instituições de grande prestígio internacional.

“O Santander Universidades proporciona a 120 estudantes de 20 instituições de Ensino Superior nacionais, de norte a sul de Portugal, a participação na maior academia de inovação digital da Europa, a European Innovation Academy, que se realiza, em Cascais, entre 15 de julho e 3 de agosto”, revela o banco liderado por António Vieira Monteiro.

São 50 Bolsas atribuídas diretamente pelo Banco Santander, enquanto as restantes serão participadas pelas Instituições de Ensino Superior parceiras do Santander Universidades.

A 2ª Edição da EIA acolhe no total 500 jovens de 75 países para testarem as suas ideias de negócio.  O evento é focado agora nas tecnologias relacionadas com a Robótica e Inteligência Artificial.

O programa de empreendedorismo da EIA tem a duração de 15 dias e conta com uma metodologia desenvolvida por representantes da Universidade de Berkeley, Universidade de Stanford e da Google.

Destaque para a Universidade do Porto e o Instituto Superior Técnico: cada uma das instituições traz mais de 20 alunos para competirem diretamente com jovens de UC Berkeley e U Michigan, entre outras instituições de grande prestígio internacional.

Em Portugal, o Santander Universidades e a Câmara Municipal de Cascais são os principais parceiros da EIA.

Marcos Soares Ribeiro, diretor-coordenador do Santander Universidades, afirma que “para nós, faz todo o sentido o apoio, pela segunda vez, à maior academia de inovação digital da Europa, a EIA, porque vai ao encontro daquilo em que acreditamos, ou seja, uma aposta clara na motivação do espírito empreendedor dos estudantes universitários portugueses”.

A lista de Universidades presentes é composta por:

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa; Faculdade de Ciência e Tecnologia – Universidade Nova de Lisboa; Instituto Politécnico de Beja; Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; Instituto Politécnico da Guarda; Instituto Politécnico do Porto; Instituto Politécnico de Setúbal; Instituto Superior Técnico – Universidade de Lisboa; ISMAI – Instituto Superior da Maia; NOVA IMS – Universidade Nova de Lisboa; NOVA SBE – Universidade Nova de Lisboa; Universidade dos Açores; Universidade Autónoma de Lisboa; Universidade de Coimbra; Universidade de Évora; Universidade Europeia; Universidade Lusíada; Universidade da Madeira; Universidade do Porto; e Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro.

Ler mais
Recomendadas

Empreendedora com missão de poupar água. Assista ao “Melhor de Portugal” com Sara Guimarães

Sara Guimarães Gonçalves, cofundadora da startup Trigger.Systems, e única empreendedora portuguesa entre os vencedores dos prémios do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia é a convidada desta semana no programa ‘O Melhor de Portugal’.

Mulheres nas tecnológicas recusam discriminação positiva para aumentar representatividade

As colaboradoras preferem que as organizações estabeleçam planos de ação que faça com que as empresas alcançarem os objetivos definidos, aponta o estudo da Portuguese Women in Tech, Polar Insight e Deloitte. O JE falou com as autoras do relatório. “A última coisa que querem é ouvir dos colegas é que só estão ali porque são «a quota»”, diz Beatriz Renault.

Tink lança plataforma de ‘open banking’ em Portugal

A Tink obtém informação financeira de 20 instituições financeiras e bancos a operar em Portugal.
Comentários