PremiumSantander Totta avança com cerca de 210 despedimentos

O Banco Santander Totta vai comunicar esta sexta-feira à Comissão de Trabalhadores que tem 210 trabalhadores com quem não foi possível chegar a acordo e como tal são elegíveis para o despedimento colectivo.

O Banco Santander Totta vai comunicar esta sexta-feira à Comissão de Trabalhadores que tem 210 trabalhadores com quem não foi possível chegar a acordo e como tal são elegíveis para o despedimento colectivo.

“O nosso propósito vai ser até ao fim que não haja qualquer despedimento e que se consigam mais acordos para além das muitas centenas já alcançados mercê daquelas que são, sem qualquer dúvida, as melhores condições do mercado”, diz o banco liderado por Pedro Castro e Almeida ao Jornal Económico.

Os 210 bancários de um total de 685 inicialmente previstos, não aceitaram as propostas de rescisões voluntárias ou a passagem à reforma, pelo que o Santander Totta que vai avançar com um “processo unilateral e formal”, o que na prática significa a realização de um despedimento coletivo. O processo não está todavia concluído.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

Sindicatos avançam com greve contra os 210 despedimentos que o Santander Totta vai anunciar

Os sindicatos dos bancários do Santander Totta avançam para greve já no próximo dia 1 de outubro. Em conjunto anunciam que vão convocar uma greve conjunta e em simultâneo no BCP e no Santander Totta para o mesmo dia.

Sindicatos da banca reúnem hoje com Santander e anunciam dia da greve

Os sindicatos dos bancários reúnem-se hoje com a administração do Santander Totta a propósito da intenção do banco de avançar com despedimento coletivo e deverão anunciar a data da greve dos bancários.
Recomendadas

Liberty lança canal de venda direta de seguros automóvel em Portugal (com áudio)

A Génesis by Liberty Seguros é a marca de seguro direto criada para o ramo automóvel, cerca de um ano depois de ter anunciado um investimento de 100 milhões de euros em tecnologia para operar o seu negócio na cloud pública.

Ricciardi admite criar banco para “regenerar o nome da família Espírito Santo” (com áudio)

“A família Espírito Santo era conhecida em todo o lado, o melhor nome da banca portuguesa foi destruído. Se conseguir começar a fazer a sua regeneração, para que as gerações seguintes o desenvolvam, partirei desta vida com a consciência tranquila de que fiz tudo o que podia”, disse Ricciardi ao “Público”.

Medidas de apoio ao capital dos bancos na pandemia geraram 63 milhões de crédito

Um estudo do Parlamento Europeu, com base em dados recolhidos de 27 grupos bancários em dez Estados-membros da UE, mostra que as medidas temporárias de reforço do capital da banca na pandemia gerou 63 mil milhões de euros de crédito adicional.
Comentários