SATA aprova acordo de emergência. Sindicato diz que salvou mais de 500 postos de trabalho na TAP

Num universo de 213 associados tripulantes da SATA, votaram 152 associados, com 135 votos a favor e 17 votos contra o ‘Acordo de Emergência’, releva um comunicado do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil, dando assim por concluído um processo que envolveu 40 reuniões com as administrações da PGA, da TAP e da SATA, num balanco global em que o sindicato destaca que se salvaram mais de 500 postos de trabalho na TAP.

Os associados do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) aprovaram esta sexta-feira, “por larga maioria, o ‘acordo de emergência’ negociado pela direção do sindicato e a administração da SATA. Num universo de 213 associados, votaram 152 associados, com 135 votos a favor e 17 votos contra”, refere um comunicado do SNPVAC a que o Jornal Económico teve acesso.

“Com a votação de hoje o sindicato encerra um importante capítulo na defesa dos interesses dos nossos associados, que aprovaram todos os ‘Acordos de Emergência’ negociados com as administrações da PGA, TAP e SATA”, adianta.

“Num momento de crise ímpar que o setor da aviação comercial atravessa em todo o mundo não queríamos deixar de agradecer o voto de confiança que os nossos associados expressaram nas respetivas votações”, refere o sindicato no comunicado, comentando que “sabemos que o unanimismo é quase impossível, diríamos até que é indesejável, mas esse será o nosso compromisso. Um compromisso que passa pela intransigente defesa dos interesses dos nossos associados, ouvindo todas as opiniões e sensibilidades; recebendo sugestões e recomendações e por fim decidir em nome dos superiores interesses dos tripulantes de cabine”.

“Esse foi, é, e será sempre o único princípio que norteia e motiva esta direção na defesa dos seus associados. Neste particular é bom lembrar que fomos sempre muito claros nos nossos propósitos: Defender a manutenção do maior número de postos de trabalho. Esta foi sempre a nossa principal prioridade desde o primeiro dia quando fomos confrontados com os Planos de Restruturação das três companhias. Podemos hoje afirmar, sem qualquer hesitação, que durante as negociações foi possível salvaguardar mais de 500 postos de trabalho na TAP”.

“Desde a sua eleição que a direção do SNPVAC pretende manter com os seus associados uma política de comunicação e informação permanente. Essa obrigação de comunicação e informação foi naturalmente reforçada ao longo deste processo de restruturação das empresas, mantendo com os nossos associados uma política de total transparência. Sempre foi nosso compromisso ir informando os nossos associados de todas as negociações, pedidos de reunião, pedidos de esclarecimentos e tomadas de posição”, refere o comunicado.

“Aqui fica um pequeno apanhado das diversas interações do sindicato desde que foram apresentados os diversos planos de restruturação: Envio de cerca de 30 comunicados internos aos nossos associados relatando o desenvolvimento das negociações e as nossas tomadas de posições; nove webinars onde participaram mais de três milhares de associados para esclarecimentos das legitimas duvidas que diariamente preocupavam os tripulantes; Centenas de pedidos de esclarecimentos endereçados diretamente para a direção do sindicato e que nunca deixaram de ser respondidos; Cerca de 40 reuniões com as administrações e direções das companhias para apresentação de soluções alternativas e/ou complementares aos processos de restruturação”, descreve o sindicato no comunicado.

“Não querendo ser muito exaustiva, esta pequena ‘prestação de contas’ serve também para que os nossos associados tenham a perceção que a direção do sindicato serve apenas um propósito: Defender em primeiro lugar os interesses dos nossos tripulantes, mantendo o maior número de postos de trabalho possível”, refere, acrescentando “uma palavra sincera de agradecimento aos nossos associados, que neste momento tão delicado das nossas vidas souberam responder de forma inequívoca e responsável a este tão desafio”. “A direção do SNPVAC compromete-se agora a fiscalizar e a fazer cumprir estes acordos por parte das respetivas administrações”, conclui o SNPVAC.

Ler mais
Recomendadas

Abílio Martins de saída da TAP

Responsável pelas áreas de marketing, vendas, costumer care e cliente, entre outras, Abílio Martins era considerado próximo dos acionistas privados.

“Portugal tem impactado a forma como trabalhamos em todo o mundo”, sublinha presidente-executivo do grupo do RAC

O maior produtor mundial de frutos vermelhos quer duplicar a capacidade que tem instalada em Portugal, uma operação que considera fundamental para a estratégia que tem para o mercado europeu. Nesta Fast Talk, o presidente-executivo do grupo do RAC, Hector Lujan, fala sobre o grupo, os desafios que se colocam à gestão dos recursos humanos na agroindústria e as perspectivas de futuro assentes na sustentabilidade.

Altice envia esta sexta-feira proposta técnica para prolongar serviço SIRESP por 18 meses

A Altice Portugal vai enviar esta sexta-feira a proposta técnico operacional para a prorrogação por 18 meses do serviço da rede de comunicações de emergência SIRESP, disse fonte oficial da empresa à Lusa.
Comentários