Senhorios e proprietários podem pedir apoios para melhorar eficiência energética

Veja quais os incentivos que incentivos para poupança energética que podem ser pedidos, segundo informações da Comissão Europeia.

Senhorios ou proprietários podem recorrer a apoios europeus para melhorar a eficiência energética das casas, segundo lembra a Comissão Europeia, no âmbito de uma iniciativa informativa com foco na eficiência energética, que andará pelo Porto nos próximos dias para ensinar os portugueses a pouparem na fatura da energia.

O projeto, que já passou pela República Chega, Roménia e Grécia, tem como moto: “Gaste menos em energia e mais em si!”. Uma parte fundamental é o roadshow que inclui um atrelado com atividades interativas, que estará no Porto, de 4 a 8 de outubro. Mas conta com outras valências, incluindo conselhos para os consumidores.

“Se é um senhorio ou proprietário, pode ser elegível para apoios e incentivos para poupança energética para, por exemplo, se manter quente: isolamento das paredes, tetos e chão, portas com eficiência energética ou janelas com eficiência energética”, explica o prospeto da iniciativa europeia.

Na substituição de equipamentos de aquecimento como sistemas de aquecimento amigos do ambiente ou substituição de aquecimento elétrico por bombas de calor também há a possibilidade de pedir esses apoios.

O mesmo acontece para a instalação de renováveis, incluindo painéis solares, sistemas fotovoltaicos e térmicos e tecnologias de recuperação de calor. “Melhoramentos em casa são bons para si e para os seus inquilinos”, acrescenta.

Recomendadas

Saiba como funciona o Direito Real de Habitação Duradoura

Ressalva-se que o proprietário pode livremente transmitir, de forma onerosa ou gratuita, a propriedade do imóvel objeto de um contrato de DHD, não podendo contudo hipotecar o imóvel ou constituir outras garantias sobre o mesmo.

Quanto vai custar um carrinho de compras em 2020 em Portugal? Cerca de 15% do salário mínimo

Analisando os alimentos básicos para perceber os custos, a Picodi criou um carrinho de compras com pão, leito, ovos, arroz, queijo, carne, frutas e legumes. No seu total, o valor das compras alimentares era de 87,82 euros.

15 Medidas do Orçamento do Estado 2020 que afetam as suas finanças

Ainda não foi aprovado o Orçamento do Estado 2020, mas já se conhecem algumas das medidas em discussão para serem implementadas este ano, nomeadamente no que diz respeito aos impostos e outros benefícios fiscais e contribuições.
Comentários