Siemens Portugal fornece 650 sistemas de tração para autocarros sustentáveis intercidades da CaetanoBus até 2024

Com esta parceria, a Siemens Portugal vai ainda fazer a integração a bordo dos autocarros produzidos pela CaetanoBus, que são 100% elétricos, com motor a hidrogénio ou que utilizam outras tecnologias que se encontram em desenvolvimento, que se destinam à circulação entre e dentro das cidades ou que serão utilizados em infraestruturas logísticas, como os aeroportos.

A Siemens Portugal vai fornecer 650 sistemas de tração para os autocarros sustentáveis produzidos pela CaetanoBus no âmbito de uma parceria de quatro anos, até 2024.

Com esta parceria, a Siemens Portugal vai ainda fazer a integração a bordo dos autocarros produzidos pela CaetanoBus, que são 100% elétricos, com motor a hidrogénio ou que utilizam outras tecnologias que se encontram em desenvolvimento, que se destinam à circulação entre e dentro das cidades ou que serão utilizados em infraestruturas logísticas, como os aeroportos.

Citado em comunicado, Fernando Silva, responsável pela Smart Infrastructure da Siemens Portugal, afirmou que “parcerias como esta que temos com a CaetanoBus e os projetos que já desenvolvemos em conjunto mostram que, em diferentes partes do mundo, os sistemas de transportes estão já a ser repensados e adaptados para se tornarem mais sustentáveis”.

Por sua vez, a CEO da CaetanoBus, Patrícia Vasconcelos, referiu que esta parceria “tem sido muito importante no apoio ao desenvolvimento de soluções de mobilidade sustentáveis”.

Em 2017, as duas empresas já tinha assinado um contrato-quadro que implicou o fornecimento de 160 sistemas de tração para autocarros elétricos, dos quais 40 foram instalados em autocarros utilizados em aeroportos de várias cidades asiáticas, europeias e americanas, e 120 em autocarros urbanos.

No total, estes 160 autocarros já percorreram cerca de 10 milhões de quilómetros e evitaram a emissão de aproximadamente 3 mil toneladas de CO2

Ler mais
Relacionadas

Primeiro carregador de carros elétricos pesados produzido pela Siemens Portugal ruma à Alemanha

A fábrica da Siemens em Corroios está a produzir carregadores para projetos em Portugal, Itália, Roménia e Alemanha, sendo que 90% da produção montada na margem sul será exportada.

Portugal criou 272 patentes em 2019, menos que Porto Rico

O número de patentes portuguesas reportadas na Europa aumentou 23,1% no ano passado. Mesmo assim, o país fica atrás de Porto Rico, com 292 patentes.

Siemens vai construir maior tomada elétrica para navios

O porto de Kiel, na Alemanha, acaba de adjudicar à Siemens a construção de um sistema de fornecimento de energia em terra para navios, o maior projeto da Alemanha nesta área até hoje.
Recomendadas

“Sobreviver a Pão e Água”. “Centenas” de membros do movimento dispostos a regressar à greve de fome se Governo não aprovar medidas exigidas

Movimento diz que Governo disse que iria apresentar em breve várias das medidas por si exigidas. Se até dia 11 de dezembro, não apresentar as restantes medidas ameaçam que com o regresso à greve de fome em frente ao Parlamento e por todo o país, com “mais de uma centena de pessoas”.

Sindicato denuncia que Ryanair se prepara para despedir 23 tripulantes no Porto enquanto abre processo de recrutamento

O SNPVAC denuncia que, ao mesmo tempo que a companhia aérea avança para o despedimento coletivo, já está a realizar cursos para novos tripulantes “violando grosseiramente o Código de Trabalho”, segundo o sindicato.

Costa adia anúncio de medidas de apoio para as rendas do comércio e da restauração

A 21 de novembro, o primeiro-ministro anunciou que as medidas de apoio para as rendas de lojas e restaurantes seria anunciada nos dias seguintes. Passados 15 dias, o Governo ainda não anunciou os apoios e adiou para a próxima semana.
Comentários