Sindicato dos trabalhadores da CGD convoca greve para 9 de agosto

O sindicato dos trabalhadores do grupo Caixa Geral de Depósitos (STEC) vai convocar uma greve para 9 de agosto, exigindo a negociação da tabela salarial e das cláusulas de expressão pecuniária.

“Os delegados sindicais do STEC, reunidos em Lisboa em 22 de julho de 2021, decidiram […] apoiar a direção do STEC na apresentação de um pré-aviso de greve para dia 09 de agosto”, lê-se numa nota enviada à comunicação social.

Na reunião de hoje, os delegados decidiram ainda exigir à administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD), uma “negociação efetiva” da tabela salarial e das cláusulas de expressão pecuniária e repudiar o “clima de medo” no que respeita às relações de trabalho.

O sindicato exortou ainda os trabalhadores do banco a “não se deixarem paralisar pelo medo ou pelo conformismo”.

O STEC realizou hoje uma concentração de delegados sindicais e reformados, junto à sede da CGD.

Em declarações à Lusa na quarta-feira, o presidente do STEC, Pedro Messias, explicou que o sindicato apresentou, em 18 de janeiro, à CGD uma proposta de revisão da tabela salarial e cláusulas de expressão pecuniária, conforme previsto no acordo de empresa.

Segundo a legislação, referiu, Código do Trabalho e acordo de empresa, a CGD deveria ter apresentado uma contraproposta no prazo de 30 dias.

“Mas tal não aconteceu e, na ausência de resposta, o STEC enviou em maio o processo para o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS) para abertura do processo de conciliação”, explicou.

Decorridas três reuniões de conciliação no MTSSS, a CGD continua sem apresentar uma contraproposta para revisão dos salários, considerando que ainda não é oportuna.

Recomendadas

Falta de legislação impede criação de fundo sísmico com oito mil milhões, diz APS

A Associação Portuguesa de Seguradores diz que é o sector segurador e ressegurador e não o Estado quem assume diretamente responsabilidades inicialmente até oito mil milhões de euros, mas que o fundo não poderá funcionar sem o necessário enquadramento legal.

BES: Pareceres atribuem prejuízos da recompra de obrigações à administração que sucedeu a Salgado

Dois pareceres juntos pela defesa de Ricardo Salgado no processo do Eurofin atribuem à gestão que lhe sucedeu a responsabilidade pelos prejuízos gerados pela recompra das obrigações BES e que levaram à sua condenação pelo supervisor.
João Paulo Correia

Novo Banco: PS acusa PSD de querer ganhar na secretaria o que não ganhou com inquérito

“O Partido Socialista esperava da parte do PSD uma posição mais responsável e mais construtiva nesta fase do inquérito. O PSD sente-se tentado a ganhar na secretaria aquilo que não foram os ganhos que espera ter durante os trabalhos do inquérito”, afirmou o deputado socialista João Paulo Correia.
Comentários