Sonae Capital vai abrir novo hotel no Porto

A abertura está prevista para o primeiro semestre de 2021, sendo que o hotel contará com 70 quartos. O negócio de hotelaria da Sonae Capital tem sob exploração seis unidades Hoteleiras: três localizadas no Porto, duas na Península de Tróia e uma na região do Algarve.

A Sonae Capital, através da sua unidade de negócio de hotelaria vai abrir mais uma unidade hoteleira na cidade do Porto, em plena Avenida dos Aliados, informa a empresa em comunicado esta segunda-feira, 24 de fevereiro.

A abertura está prevista para o primeiro semestre de 2021, sendo que o hotel contará com 70 quartos. Esta unidade vai disponibilizar uma oferta de serviços de bar e restaurante, salas de reunião com luz natural, piscina exterior e ginásio, e contribuirá para o reforço da oferta de hotéis boutique em destinos urbanos.

O negócio de hotelaria da Sonae Capital tem sob exploração seis unidades hoteleiras: três localizadas no Porto (Porto Palácio Hotel, The Artist e The House), duas na Península de Tróia (Aqualuz Tróia e Tróia Residence) e uma na região do Algarve (Aqualuz Lagos).

Em curso está ainda o desenvolvimento de uma nova unidade em Lisboa, no edifício da estação ferroviária de Santa Apolónia, cuja inauguração deverá ocorrer no segundo semestre de 2021.

O município do Porto registou um crescimento de 10,9% das dormidas em 2019, que superaram os 4,5 milhões, sendo responsável por 6,5% das dormidas em todo o País. Este crescimento foi impulsionado tanto pelo mercado interno como externo, tendo as dormidas de hóspedes nacionais aumentado 1,7% e dos internacionais 13% no conjunto do ano.

O negócio de hotelaria da Sonae Capital registou um aumento de 16,4% do seu volume de negócios em 2019, o qual atingiu os 27,7 milhões de euros. Este crescimento foi acompanhado por um crescimento da rentabilidade, tendo o EBITDA aumentado 56,1% para 6,7 milhões de euros. O investimento desta área de negócio ascendeu a 1,5 milhões de euros.

“Os nossos objetivos de crescimento têm privilegiado a seleção de localizações prime, sendo o projeto na Avenida dos Aliados mais um importante passo na concretização dessa estratégia. Com a abertura desta quarta unidade no Porto vamos consolidar a nossa presença neste destino e ampliar a nossa escala, dando cumprimento à estratégia de crescimento capital light definida”, refere Pedro Capitão, CEO da unidade de Hotelaria da Sonae Capital.

Ler mais
Recomendadas

Vendas dos lojistas com quebras de 37% face a 2019. Em Lisboa, a redução é superior a 40%

Por sector de atividade, a restauração continua a ser o setor mais afetado, com a descida das vendas a registar 49,1%, o sector de retalho 34,3% e o sector de serviços 38,5%.

Sociedade do Luxemburgo quer comprar até 450 milhões de euros de dívida da dona do Minipreço

A sociedade do Luxemburgo é a DEA Finance, que é detida pela LetterOne. A mesma LetterOne que é a principal acionista da dona do Minipreço, com 69,76% do capital.

PSD diz que “começa a ser evidente” necessidade de uma comissão de inquérito ao Novo Banco

Em causa está mais um negócio ruinoso do Novo Banco para o Estado português, desta vez com a venda a preços de saldo de uma seguradora a um fundo detido por um milionário condenado por corrupção. Os social-democratas dizem que comissão de inquérito é essencial para se perceber como forma feitas as compras e vendas de ativos do banco.
Comentários