Sonae Investimentos muda para Sonae MC SGPS

O grupo está a preparar-se para colocar a subsidiária de retalho alimentar, a Sonae MC, em bolsa, em conjunto com a Sonae RP, entidade que gere a propriedade imobiliária do grupo.

A Sonae Investimentos SGPS mudou de nome para Sonae MC SGPS, antes de entrar em bolsa, segundo anunciou enviado esta segunda-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O novo nome da Sonae Investimentos SGPS (dona da Sonae MC) foi decidida por unanimidade, segundo a parte de uma ata publicada.

O anúncio foi feito numa altura em que o grupo está a preparar-se para colocar a subsidiária de retalho alimentar, a Sonae MC, em bolsa, em conjunto com a Sonae RP, entidade que gere a propriedade imobiliária do grupo.

Na última divulgação de resultados, os ativos da Sonae Retalho foram responsáveis por mais de 72% do volume de negócios total da Sonae SGPS, que se fixou em 1.342 milhões de euros. Dentro da Sonae Retalho, as unidades Sonae MC e Sonae RP em questão  foram também as que mais investimento receberam durante o primeiro trimestre de 2018.

Relacionadas

Continente pode entrar na bolsa. “Ativos preponderantes” valorizam a Sonae

O grupo anunciou estar a analisar a colocação em bolsa da subsidiária de retalho alimentar e a gestora da propriedade imobiliária. Analistas e investidores avaliaram positivamente a decisão, apesar de ainda existirem muitas incógnitas.
Recomendadas

Sonae admite ser “inevitável” aumento de custos devido à subida do preço dos combustíveis

O responsável pela Sonae MC falava aos jornalistas à margem da inauguração do novo edifício do Centro de Distribuição da Sonae MC, hoje, na Azambuja, que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sendo o maior entreposto refrigerado em Portugal.

Mercadona abriu hoje supermercado de Leça da Palmeira

A empresa prevê abrir ainda este ano quatro novos supermercados em Portugal. A próxima abertura está prevista para o dia 26 de outubro em Vila do Conde. 

Zomato lança serviço de entregas em parceria com os CTT

A parceria quer ainda completar a experiência do utilizador “a 100%”, juntando a opção de ‘delivery’ às funcionalidades já oferecidas, tendo os utilizadores de realizar o download de uma nova aplicação para estes pedidos e também para o ‘takeaway’.
Comentários