Sonda espacial chinesa aterrou na Lua

A missão não tripulada tem por objetivo recolher amostras lunares para ajudar na compreensão sobre a origem da Lua. Se a China executar a missão com sucesso, será apenas o terceiro país a retirar fragmentos da Lua, depois dos Estados Unidos e da então União Soviética.

Chang'e-5
Chang’e-5

A China conseguiu fazer aterrar com sucesso um aparelho espacial numa das faces da Lua esta terça-feira.

Segundo a agência “Reuters“, a China lançou a sonda espacial Chang’e-5 no passado dia 24 de novembro, assim baptizada em homenagem à deusa chinesa da lua.

A missão não tripulada tem por objetivo recolher amostras lunares para ajudar na compreensão sobre a origem da Lua.

Segundo a agência espacial norte-americana, a NASA, a Lua, que é o único satélite da Terra, está a uma distância de 382,5 mil km do nosso planeta.

A missão chinesa vai tentar recolher amostras de 2 kg numa zona da Lua até então nunca antes visitada, que fica numa planície de lava conhecida por Oceanus Procellarum, ou seja, “Oceano das Tempestades”.

De destacar que, se a China executar a missão com sucesso, será apenas o terceiro país a retirar fragmentos da Lua, depois dos Estados Unidos e da então União Soviética.

Ler mais
Relacionadas

As melhores descobertas feitas nos 20 anos de ocupação da Estação Espacial Internacional

Parece que foi construída ontem, mas a Estação Espacial Internacional já está em órbita da Terra há 20 anos. Veja algumas da experiências e avanços que foram feitos durante este tempo.

ISQ: de uma sonda a Marte até tijolos fabricados com beatas de cigarros. Conheça as últimas novidades

O ITER é um projeto no qual o ISQ colabora há vários anos ao nível da formação, inspeção e desenvolvimento de tecnologias. Este projeto científico foi apresentado no ‘Impact Stage’ por Bernard Bigot, no âmbito do PWG – Planetiers World Gathering, o maior evento internacional sobre inovação sustentável, que decorreu no final da semana passada, no Altice Arena, em Lisboa.

Universidades de Coimbra e Porto integram consórcio para promover Geociências Planetárias na Europa

As atividades envolvem a Agência Espacial Europeia e empresas locais de tecnologia para o espaço, como a francesa VR2Planets, especializada em realidade virtual.
Recomendadas

Tomada de posse de Biden marcada pela segurança e sem qualquer distúrbio

As preocupações com segurança no dia da transição de poder nos EUA levou a um aparato nunca antes visto em Washington, mas também nos Capitólios estatais por todo o país. A cerimónia correu, ainda assim, sem imprevistos ou distúrbios.

Tomada de posse de Joe Biden: 23 minutos de apelo à unidade

Num discurso praticamente monotemático, o novo presidente dos Estados Unidos afirmou saber as causas da fratura em que o país vive e pediu a todos que se lhe juntem para salvar a democracia. Trump, o assalto ao Capitólio e a Covid-19 foram os temas omnipresentes.

Morgan Stanley regista lucro e receita acima do esperado no quarto trimestre

A receita, por sua vez, subiu de 10,9 mil milhões de dólares nos últimos três meses de 2019 para 13,6 mil milhões nos meses de outubro a dezembro do ano passado, superando as previsões dos analistas.
Comentários