Sondagens à boca da urna dão vitória ao PSD em Coimbra

Três sondagens projetam a vitória José Manuel Silva que pode assim conquistar a autarquia a Manuel Machado.

As três sondagens das estações televisivas dão como certa a vitória do PSD em Coimbra. A concretizar-se, José Manuel Silva conquista a autarquia a Manuel Machado.

A sondagem da Intercampus para a CMTV põe José Manuel Silva a conquistar Coimbra. José Manuel Silva, ex-bastonário da Ordem dos Médicos, e candidato independente apoiado pelo PSD e CDS, entre outros partidos, terá entre 42,6% e 47,4% (e entre cinco e sete vereadores), arrasando o atual edil socialista Manuel Machado, atual presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, que terá apenas entre 28,2 e 32,6%, elegendo entre três e cinco vereadores. Logo a seguir vem o independente Jorge Gouveia Monteiro, que poderá ter entre três e cinco vereadores, e o candidato da CDU, entre zero e um vereador.

Na sondagem da Católica para a RTP, José Manuel Silva do PSD surge  com 42% a 47% das intenções de voto. Segue-se Manuel Machado do PS com 27% a 31%, o independente Jorge Gouveia Monteiro com 8% a 11%, Francisco Queirós da CDU com 5% a 7% Tiago Meireles Ribeiro da IL com 1% a 3%, Miguel Ângelo Marques com 1% a 3%, Filipe Reis do PAN com 1% a 2%, Inês Tafula PDR/MPT com 0% a 2%.

A projeção do ICS-ISCTE para a SIC dá a vitória ao PSD/CDS-PP, com José Manuel Silva a conquistar entre 43,6% a 47,6% dos votos. De acordo com a primeira sondagem da SIC, Manuel Machado (PS) perde assim a câmara de Coimbra ao reunir entre 28,9% a 32,9% dos votos. Segue-se Francisco Queiros (CDU) com 6,2% a 9,2% dos votos, José Gouveira Monteiro (Independente) com 5,2% a 8,2%, Miguel Marques (Chega) entre 1,3% a 3,3% e Tiago Rebelo (IL) 1% a 3%.

Recomendadas

Carlos Moedas toma posse como presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Veja em direto

O antigo comissário europeu sucede a Fernando Medina na liderança da Câmara Municipal de Lisboa. Veja a tomada de posse em direto.

PremiumUnião fez a força para o centro-direita retirar câmaras aos socialistas

Coligações lideradas pelos sociais-democratas conquistaram mais 20 autarquias sem perder nenhuma. PSD isolado teve saldo nulo com PS.

PremiumEleições geram meia centena de imbróglios autárquicos

Porto e Sintra juntam-se às câmaras em que os vencedores estão em minoria na vereação e na assembleia municipal. Mais complicada que Lisboa talvez só mesmo Évora, e número de executivos minorítários disparou em relação a 2017.
Comentários