Sporting avança com despedimento coletivo para fazer face à quebra de receitas

Frederico Varandas, presidente do Sporting CP, justificou a medida com a necessidade do “emagrecimento dos custos com o pessoal”.

Para fazer face à quebra de receitas provocada pela pandemia de Covid-19, o Sporting CP decidiu avançar com um despedimento coletivo que vai afetar 20 funcionários do clube. De acordo com as informações disponibilizadas pelo jornal “A Bola”, os visados já terão recebido a informação via correio eltrónico durante o dia de ontem, 12 de janeiro.

Frederico Varandas, presidente do Sporting CP, justificou a medida com a necessidade do “emagrecimento dos custos com o pessoal”.

A 16 de abril de 2020, a SAD leonina comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o recurso ao lay-off de 95% dos trabalhadores do ‘universo leonino’, com o objetivo de reduzir os custos com o pessoal em 40% durante a pandemia, e prolongou-o até junho. Fonte do clube, citada pelo jornal “A Bola” disse na altura que o regime “não seria prolongado”.

O “Expresso” avançou com uma lista com alguns dos funcionários que serão dispensados, entre eles Paulo Cintrão (ex-jornalista da TSF que era assessor de imprensa da equipa de futebol profissional e presença assídua nas conferências de imprensa), André Leitão (assessor de imprensa para as modalidades), Rosa Duarte (secretária do Sporting), José Quezada (responsável pelo departamento de sócios), Carla Quinaz (coordenadora das modalidades) e Carmo Tavares (atleta, velocista e antiga campeã nacional que desempenhava funções administrativas).

Recomendadas

Liga estima quebra de 276 milhões de euros nas receitas do futebol profissional

“A nossa expectativa é que teremos um impacto de 276 milhões de euros na área das receitas”, disse a diretora executiva da LFPF, Susana Rodas, no âmbito de um ‘webinar’ integrado no programa da realização da ‘final four’ da Taça da Liga em Leiria.

Que desafios coloca a pandemia aos clubes de Lisboa? Veja o “Jogo Económico”

Nesta edição, vamos perceber como a Covid-19 está a afetar os 264 clubes e os cerca de 10 mil atletas inscritos na Associação de Futebol de Lisboa, com a ajuda do presidente, Nuno Lobo. A centralização dos direitos televisivos em Portugal também será um dos temas em debate neste programa.

De Messi a Aguero. Conheça os 10 jogadores mais valiosos que terminam contrato no final da temporada

Com o fim do contrato iminente, estes são os jogadores mais valiosos que podem assinar livres por qualquer equipa.
Comentários