Sporting SAD vai avançar para empréstimo obrigacionista de 50 milhões de euros

Entre os vários pontos que estarão em discussão nesta Assembleia Geral, pode ler-se que os acionistas irão “deliberar sobre a autorização a conceder ao Conselho de Administração” o lançamento de “uma ou mais” emissões obrigacionistas, que se pretende que atinjam um montante de 50 milhões de euros.

Cristina Bernardo

A SAD dos ‘leões’ vai avançar para o lançamento de um empréstimo obrigacionista “até ao montante máximo global” de 50 milhões de euros, de acordo com informação avançada à CMVM no âmbito da convocatória para a Assembleia Geral da Sporting SAD, que irá realizar-se no próximo dia 6 de outubro.

Entre os vários pontos que estarão em discussão nesta Assembleia Geral, pode ler-se que os acionistas irão “deliberar sobre a autorização a conceder ao Conselho de Administração” o lançamento de “uma ou mais” emissões obrigacionistas, que se pretende que atinjam um montante de 50 milhões de euros.

Esclarecem os ‘leões’ que a verba que se pretende arrecadar tem como destino “o financiamento da sua atividade corrente, designadamente ao cumprimento de serviço de dívida e tesouraria”.

A Sporting SAD destaca esta emissão irá realizar-se “mediante ofertas públicas de subscrição de obrigações ordinárias, com uma maturidade não superior a 4 anos e com o valor nominal unitário de € 5 (cinco euros), emissões essas a terem lugar até ao dia 30 de Setembro de 2022”.

Último empréstimo não atingiu objetivo

Na última emissão obrigacionista lançada pela Sporting SAD, a empresa que gere o futebol dos ‘leões’ arrecadou 26,1 milhões de euros, quando o objetivo era atingir os 30 milhões de euros, de acordo com informação tornada pública em novembro de 2018.

“Até ao final do dia de hoje, 22 de Novembro de 2018 (último dia da Oferta), foram recolhidas intenções de subscrição
consubstanciadas em 4.112 ordens, que correspondem a um montante total de € 26.162.035”, detalhou a SAD liderada por Frederico Varandas à CMVM.

Relacionadas

Sporting SAD apresenta prejuízo de 32,9 milhões de euros na época de 2020/21

No final da temporada de 2019/20, a Sporting SAD tinha apresentado um lucro de 12,5 milhões de euros. O resultado referente à época passada acaba por ser o pior registo dos ‘leões’ desde a temporada 2012/13, exercício que terminou com prejuízos de 43,8 milhões de euros.
Recomendadas

“Jogo Económico”. “Rui Costa? Se escolher os mesmos, poderá ser penalizado por isso”

Rui Costa vai candidatar-se à presidência do Benfica nas eleições para o quadriénio 2021-2025, marcadas para 9 de outubro, anunciou a 22 de setembro o ex-futebolista internacional português, que assumiu a liderança do clube lisboeta após a demissão de Luís Filipe Vieira. Veja a análise do painel do “Jogo Económico”.

Liga dos Campeões. Apostadores antecipam equilíbrio entre SL Benfica e FC Barcelona

Para os apostadores do Solverde, o FC Barcelona tem um ligeiro favoritismo com 42% de probabilidade de vitória (‘odd’ 2.40) enquanto o SL Benfica demonstra 36% de probabilidade de sair vitorioso (‘odd’ 2.75).

Espanha prepara apresentação da cadidatura aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2030

A candidatura espanhola aos Jogos Olímpicos de 2030 nasce de uma parceria entre os governos regionais de Aragão e Catalunha, com o local escolhido a ser, sem surpresa, a parte espanhola dos Pirenéus.
Comentários