Startup Madeira lança programa de aceleração de ideias inovadoras

Rui Barreto anunciou também que é intenção do Governo Regional apresentar, em breve, um programa de formação dirigido a desempregados com o 12.º ano, para trabalhar em empresas tecnológicas.

Na passada segunda-feira realizou-se na sede da Startup Madeira, no Campus da Penteada, o lançamento oficial da 2.ª edição do startNOW, um programa de aceleração de ideias inovadoras cujas inscrições já estão abertas e decorrem até dia 24 de setembro.

O Secretário Regional da Economia, Rui Barreto, com a tutela da incubadora de startups madeirenses, garantiu que a pandemia não irá esmorecer “a capacidade de realizar e de intervir”, sendo que esta constitui, no seu entender, uma oportunidade “para acelerar o processo de transição digital”.

“Este é um programa que não deixa ninguém de fora. É um programa aberto a todas as pessoas que queiram concretizar uma ideia”, sublinhou ainda.

Da parte do governante foi também deixada a garantia de reforço de ações para fomentar o empreendedorismo, a transição digital, e para criar e ajudar as empresas a se modernizarem.

Este programa visa apoiar, sobretudo, “pessoas que muitas vezes têm uma ideia mas que não sabem como concretizar e que não têm meios técnicos, físicos e financeiros”, realçou.

Rui Barreto anunciou também que é intenção do Governo Regional apresentar, em breve, um programa de formação dirigido a desempregados com o 12.º ano, para trabalhar em empresas tecnológicas.

“Nós temos um parque tecnológico que embora pequeno é muito significativo, com empresas à escala global, que têm necessidade de contratar. Na Universidade da Madeira os licenciados do curso de informática estão em pleno emprego e queremos aproveitar esta circunstância para dotar os desempregados de meios formativos para que se possam adaptar às várias linguagens digitais”, referiu. Outra iniciativa em carteira, é um concurso de design e de moda que o Governo vai desenvolver em parceria com a Startup Madeira.

De referir que o startNOW é uma oportunidade para empreendedores desenvolverem produtos ou serviços nas áreas de ciência, cultura, desporto, economia circular, energia, indústrias criativas, IOT, impacto social e ambiental, logística, mobilidade, saúde e bem-estar, soluções WEB, sustentabilidade, transformação digital ou em outras oportunidades de futuro.

O programa vai contar com sessões de mentoring e coaching, e destina-se a empreendedores que têm uma ideia de negócio inovadora, com potencial de escala, que desejam implementá-la.

Ao longo deste programa de aceleração as equipas terão oportunidade de iniciar ou restruturar uma ideia, desenhar a solução, construir o seu modelo de negócio e testar o protótipo. As equipas vencedoras podem ter acesso a seis meses de aprendizagem, validações e suporte para evoluir e crescer.

O startNOW não tem qualquer limitação a nível de área de formação ou nível de escolaridade. Os candidatos apenas terão de provar que a sua equipa tem talento suficiente para desenvolver e comercializar a ideia apresentada em seis meses.

Ler mais
Recomendadas

Tem lareira ou recuperador de calor? Limpeza da chaminé é fundamental para que a possa acender com segurança no inverno

Antes do período de maior frio deve-se realizar-se a limpeza periódica, eliminando a substância creosoto, assim como outros detritos que se possam acumular nas chaminés, deve ser feita por empresas especializadas. Estas devem emitir um certificado que iliba a responsabilidade dos proprietários da habitação.

António Lopes da Fonseca: “Não podemos ter medo de enfrentar o Partido Socialista na República”

O  deputado falava na sessão de encerramento das Jornadas Parlamentares, que decorreram nos dois últimos dias no Four Views Oásis, no Caniço.

Madeira: Juventude Socialista apresenta moção “Madeira 2030: Uma nova geração de Polític@s”

Sara Cerdas assina o texto relativo às políticas europeias, Olavo Câmara as políticas nacionais e Marina Barbosa as políticas regionais.
Comentários