Startups chinesas aceleram rumo aos elétricos inspirados pela Tesla

Apesar da China estar a reduzir os apoios à compra de veículos elétricos, a Tesla está a ganhar valor de mercado, bem como a verificar um aumento de vendas no território chinês.

Aiways U5 | Twitter Aiways

O fascínio por veículos elétricos na China tem crescido significativamente devido à tecnologia utilizada pela Tesla, com várias startups a arrecadar financiamento para expandir a sua produção e aumentar as vendas, revela a “Reuters”. Quatro startups chinesas, NIO, XPeng Inc, Li Auto e WM Motor conseguiram amealhar mais de oito mil milhões de dólares entre estas, enquanto a Aiways pretende entrar na bolsa.

Nos últimos anos, a China tem sido o mercado de veículos elétricos com o crescimento mais rápido do mundo, devido às ajudas do governo para a compra deste tipo de transportes. No entanto, no ano passado, a China começou a cortar o apoio financeiro à compra destes veículos, diluindo ainda outras políticas que favoreciam os elétricos.

Apesar da China estar a reduzir os apoios à compra de veículos elétricos, a Tesla está a ganhar valor de mercado, bem como a verificar um aumento de vendas no território chinês. “Conforme as ações da Tesla, assim segue o destino das startups de veículos elétricos”, disse Mike Dunne, especialista em automóveis da China.

Relativamente ao ano passado, as vendas da Tesla até agosto de 2020 quase que triplicaram, uma vez que os proprietários de veículos elétricos, segundo a “Reuters”, têm um fascínio pelos carros inteligentes e serviços interativos, nomeadamente com a possibilidade de condução ligeiramente autónoma.

Com o exemplo da Tesla, as startups automóveis chineses têm como último objetivo vender os seus veículos fora do seu território, apostando primeiramente na Europa. O plano das startups é começar a vender na Alemanha, expandindo-se de seguida para a Bélgica, Dinamarca, França, Países Baixos, Noruega e Suíça.

Relacionadas

China já tem licença para vender carros elétricos na Europa. SUV 100% elétrico vai custar 25 mil euros

A apresentação oficial ocorreu no Salão Automóvel de Frankfurt, e agora vai conseguir ser comercializado na Europa, com as encomendas disponíveis a partir de 29 de novembro

Venda de carros elétricos acelera em plena pandemia

O impacto da pandemia de covid-19 será transversal em todas as tipologias de veículos comercializados em Portugal, mas a recuperação do mercado pode passar pela eletrificação das frotas.

Covid-19: Vendas de automóveis na China caem mais de 80% em fevereiro

As vendas de automóveis na China registaram em fevereiro passado uma queda homóloga de 81,7%, à medida que o surto de Covid-19 paralisou o país, prolongando a crise num setor em contração nos últimos dois anos.
Recomendadas

Bayer compra empresa de biotecnologia americana por 3,3 mil milhões de euros

A empresa alemã vai pagar metade da verba, enquanto a outra metade será paga de acordo com os objetivos atingidos pela Asklepios BioPharmaceutical, que aposta em terapias genéticas e tratamentos contra a doença de Parkinson e problemas cardíacos.

Allianz compra 75% da Galp Gás Natural Distribuição por 368 milhões

A operação ficou fechada por 368milhões de euros. A Galp Gás Natural Distribuição detém nove empresas regionais de distribuição de gás natural em Portugal.

Estudo de impacto ambiental dá ‘luz verde’ ao projeto de modernização do terminal de contentores de Alcântara

Em entrevista ao Jornal Económico, Diogo Marecos, administrador da Liscont, concessionária do terminal detida pelo grupo turco Yilport, garante que a empresa está pronta para avançar com este projeto no primeiro trimestre de 2021, cujo investimento, de 120 milhões de euros, será da sua exclusiva responsabilidade.
Comentários