Startups de tecnologia aplicada à saúde mental registam recordes de investimento em 2020

Um dos efeitos nefastos da pandemia de Covid-19, a degradação da saúde mental das populações, tem levado a investimentos recorde na área da tecnologia focada nesta área, um sector que deverá continuar a crescer fortemente mesmo depois de ultrapassada a crise provocada pelo novo coronavírus.

A pandemia de Covid-19 levou a que 2020 fosse um ano de recordes para o sector das tecnologias aplicadas à saúde mental, como demonstra um relatório da PitchBook que a Reuters cita.

Segundo a empresa de análise de capital de risco, em 2020 houve 146 negócios que movimentaram cerca de 1,6 mil milhões de dólares (1,3 mil milhões de euros), um aumento considerável em relação aos 893 milhões de dólares (735 milhões de euros) investidos no sector no ano anterior em 111 negócios. Há uma década, este valor era de 6,6 milhões de dólares (5,4 milhões de euros) em apenas 3 negócios.

Um relatório da McKinsey destaca também para a importância das empresas enquanto clientes destes serviços, apontando para os 52% de empresas que oferecem aconselhamento aos seus colaboradores em matérias de saúde mental. Por outro lado, o sector deverá crescer exponencialmente nos próximos anos, dado que, além da pandemia, as redes sociais são um forte motor de instabilidade psicológica e emocional.

“Quando a história das redes sociais for escrita, as pessoas aperceber-se-ão que estas foram o equivalente ao tabaco para esta geração”, afirma Roger Lee, sócio da Battery Ventures, empresa de investimentos tecnológicos.

Recomendadas

Primeira toma das vacinas nos lares vai ficar concluída até ao final da próxima semana, garante António Costa

Excluídos desta primeira fase da vacinação nos lares, estão as residencias onde existem surtos de Covid-19. Lares ilegais estão incluídos na aceleração do processo de vacinação aos idosos e utentes destes estabelecimentos.

Epidemiologista prevê 17 mil novos casos e 200 mortes diárias por Covid-19 até 24 de janeiro

Os cálculos foram feitos com base numa desaceleração que se assistiu em março. Caso esse abrandamento não se verifique, o epidemiologista afirma que os casos diários poderão chegar aos 17 mil por dia em Portugal.

Serviço de saúde britânico vive momento mais frágil desde que foi criado

“Os factos são muito claros e não vou adocicá-los. Os hospitais e os profissionais de saúde estão sob extrema pressão”, admitiu o diretor-executivo do NHS, Stevens, notando que a situação de saúde atual no Reino Unido não é favorável.
Comentários