PremiumTatyana Bezukladnikova. Da Rússia, com amor… pelo ténis

O amor pelo desporto desta gestora, com vários anos de experiência na área comercial e de marketing em empresas portuguesas e russas, até começou pelo basquetebol mas foi a raquete que mais a entusiasmou.

O amor pelo desporto desta gestora, com vários anos de experiência na área comercial e de marketing em empresas portuguesas e russas, até começou pelo basquetebol mas foi a raquete que mais a entusiasmou. Como jogadora de ténis, a russa Tatyana Bezukladnikova passou por várias academias internacionais, como a de Patrick Mouratoglou, Juan Carlos Ferrero e Rafael Nadal; como gestora, assumiu o cargo de diretora-geral do Vanguard Stars, um circuito de provas destinado aos escalões de sub10 e sub11 (masculinos e femininos) organizado pela Vanguard Stars com o apoio da Vanguard Properties. E é assim que concilia a atividade de gestão com o amor pelo ténis.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumMercan Properties faz renascer uma das mais belas pérolas de Amarante

Por uma razão que os sociólogos haveriam de saber explicar, a sociedade amarantina, nos idos dos anos 70 do século passado, era estranhamente estratificada, com as várias classes que por ali viviam a separar-se cortês e sorridentemente (se fosse caso disso) para não terem de conviver.

PremiumPaulo Merino, mais um gestor português no topo da finança mundial

O gestor português do Canada Pension Plan que foi considerado o melhor investidor europeu abaixo de 40 anos pela Financial News, nasceu em Penafiel, nos anos 80, antes da queda do Muro de Berlim. O seu percurso foi meteórico e prova que o mérito vence as adversidades, sobretudo quando é transfronteiriço.

PremiumDiogo Amaral: “Existe um grande desinteresse pelo sector cultural em Portugal”

Está a gravar uma novela que irá estrear na SIC. Também será possível vê-lo brevemente nas salas de cinema, pois faz parte do elenco do remake do filme “O Pai Tirano”, com estreia prevista para o final do ano e que vai ter duas versões: uma para o cinema e outra em minissérie, para televisão, que será exibida em 2022 pelo canal dirtigido por Daniel Oliveira. “Acontece certas experiências profissionais destacarem-se por serem especiais. Foi ótimo trabalhar com toda a equipa e elenco.”, garante Diogo Amaral.
Comentários