Tecnologia anima Wall Street, que aguarda decisões da Fed

Os títulos da rede social Facebook fecharam com um disparo de 4,24%, para 189,01 dólares. Os investidores estão ainda atentos aos resultados trimestrais da Oracle e da Adobe.

Brendan McDermid / Reuters

Os três principais índices de Nova Iorque encerraram as negociações desta segunda-feira, dia 17 de junho, em terreno positivo, mostrando uma melhor performance do que a generalidade das praças da Europa (incluindo com a Bolsa de Lisboa).

A Bolsa de Nova Iorque saiu beneficiada pelo segment da Tecnologia, uma vez que o Facebook saltou 4,24%, para 189,01 dólares, a Apple somou 0,60%, para 193,89 dólares, e a Amazon ganhou 0,88%, para 1.886,03 dólares.

O Dow Jones somou 0,09% (para os 26.112,53 pontos). Na mesma linha, o alargado S&P 500 avançou 0,05% (para os 2.888,38 pontos) e o tecnológico Nasdaq cresceu 0,62% (para os 7.845,02 pontos). Também o Russell 2000 valorizou (+0,36%, para os 1.531,66 pontos).

Há outras empresas a merecer a atenção dos investidores, à medida que se aproxima a divulgação dos seus últimos relatórios e contas trimestrais: a Adobe e a Oracle. As duas multinacionais encerraram com um ganho de 0,48%, para 275,60 dólares e um deslize de 0,28%, para 53,13 dólares, respetivamente. Os números poderão influenciar o mercado do softaware ao longo da semana.

No entanto, a sessão de hoje é marcada pela política monetária, em torno da expectativa da decisão da Reserva Federal norte-americana (Fed), que se reúne daqui a dois dias.

Relacionadas

Otimismo em Wall Street enquanto investidores aguardam notícias da Fed

A Reserva Federal norte-americana reúne-se esta semana com a perspetiva de um corte nas taxas de juro para o mês de julho.

Wall Street à espera da reunião da Fed

Para esta semana as atenções estarão concentradas na reunião da Fed que acaba na quarta-feira, de onde não se espera que saia uma descida dos juros.
Recomendadas

PremiumGoverno trava subida das taxas de supervisão em 2020 proposta pela CMVM

Em ano de prejuízos, a entidade reguladora vê a proposta de um novo modelo de financiamento congelada pelo Ministério das Finanças. São mais dois milhões de euros que ficam por receber.

PSI 20 fecha semana no ‘vermelho’ afetado pelo BCP e Galp

Praça lisboeta terminou a sessão a descer 0,87%, para 4.390,27 pontos nesta sexta-feira, seguindo a tendências das suas congéneres europeias.

Bolsa de Lisboa perde fôlego a meio da sessão e acompanha quedas da Europa

A penalizar a praça lisboeta estão títulos como o BCP, que perde 0,92%, NOS, que desvaloriza 1,64%, ou Mota-Engil, que cai 1,22%. A alemã Wirecard está a subir mais de 3% depois de a ‘Bloomberg’ avançar que Deutsche Bank está interessado na unidade financeira da empresa.
Comentários