Tecnológica portuguesa Inovflow investe 500 mil euros em novas instalações

A nova sede, em Carnaxide, vai te capacidade para mais 60 postos de trabalho. A empresa conta fechar 2019 com um crescimento na ordem dos 20%, ultrapassando o marco dos 3 milhões de euros em volume de negócios

A tecnológica portuguesa vai mudar de instalações até ao final do ano para um escritório com mais do dobro da área, representando um investimento superior a 500 mil euros.

A nova sede, que se situa em Carnaxide, vai ter capacidade mais de 60 postos de trabalho, duas salas de reuniões, uma sala de formação e workshops e áreas de lazer e de confraternização. No entanto, a Inovflow irá continuar a promover a mobilidade total dos colaboradores, fomentando a sua autonomia e apostando no equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Paulo Leite de Magalhães, CEO da Inovflow, explicou os motivos da mudança: “Atualmente, temos 39 pessoas e 38 lugares, pelo que não temos espaço para crescer mais. Como pretendemos continuar a expandir, esta era uma mudança necessária e estrutural”.

O novo espaço deverá apresenta um ambiente “moderno, dinâmico, ágil e descontraído”, “para dar as melhores condições às equipas e aos visitantes” e potenciar os níveis de satisfação dos seus colaboradores.

A empresa conta fechar 2019 com um crescimento na ordem dos 20%, ultrapassando o marco dos 3 milhões de euros em volume de negócios. Fruto destes resultados, tem também vários processos de recrutamento em curso e em 2020 pretende contratar mais seis pessoas para reforçar as equipas operacionais e procura consultores ERP e CRM e programadores IT.

«A Inovflow tem sido uma referência na implementação, desenvolvimento e suporte ao software Primavera. Por outro lado, a parceria com a Microsoft tem vindo a ser alargada nomeadamente com as soluções CRM Dynamics 365, Office 365 e Azure, onde registamos um crescimento 30% superior ao que foi estimado para este ano. Finalmente, a área da segurança está também com uma excelente performance, sendo a Inovflow um parceiro de referência da Sophos em Portugal, quer pelo volume e crescimento constante das vendas quer sobretudo pela especialização da equipa de IT em segurança informática», concluiu Paulo Leite de Magalhães.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas

Mutualista diz que fusão do Montepio com BCP colide com os interesses dos associados

“O Banco Montepio dispõe de soluções de capital ajustadas às suas necessidades e encontrará o seu próprio caminho de estabilização”, garante a instituição liderada por Virgílio Lima. “Uma fusão desta natureza corresponderia à sua descaracterização, algo que colide com os interesses da Associação e dos associados”, defendem.

Grupo Os Mosqueteiros investe 25,3 milhões para abrir mais seis lojas Intermarché em Portugal

Este investimento irá permitir a criação de 265 novos postos de trabalho de norte a sul do país, asseguram os responsáveis do grupo francês de distribuição.

Tribunal espanhol adia audições dos responsáveis do CaixaBank sobre compra do BPI

Segundo a agência Efe, problemas técnicos impediram a audição telemática do presidente da Criteria e ex-presidente do CaixaBank. O julgamento que está em curso desde 2018 decorre de uma queixa de acionistas minoritários que se sentiram lesados com algumas operações inerentes à compra do BPI em 2017.
Comentários