Telles assessora Science4You no apoio de 10 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento

A empresa foi financiada no âmbito do Plano Juncker e assessorada juridicamente por Márcio Carreira Nobre, Bruno Azevedo Rodrigues e André Magalhães.

A Telles de Abreu Associados apoiou a Science4You no financiamento de 10 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento (BEI), quando a empresa de brinquedos didáticos foi premiada no Debt Venture Summit.

A equipa dos departamentos de Financeiro e Comercial do escritório foi responsável pela assessoria jurídica, nomeadamente os advogados Márcio Carreira Nobre (of counsel de Financeiro, Projetos e Mercado de Capitais), Bruno Azevedo Rodrigues (sócio de Financeiro, Projetos e Mercado de Capitais) e André Magalhães (estagiário de Direito Comercial e Societário).

A operação surgiu no âmbito do financiamento criado pelo BEI como parte do Plano Juncker para startups e Pequenas e Médias Empresas. A Science4You a viajou até Luxemburgo a 21 de março e foi uma das empresas que se destacaram num universo de 2000 candidaturas.

“Foi um processo inovador e eficaz apesar da complexidade da operação. Toda a equipa, desde financeiros a consultores jurídicos, que ao longo de um ano trabalhou neste projeto, está de parabéns”, afirma Miguel Pina Martins, CEO da Science4you, sublinhando que lhes trouxe a “energia’ de que precisavam.

Recomendadas

Ordem dos Advogados: Conselho Regional de Lisboa pede isenção de três meses no pagamento das quotas

O conselho que reúne mais de metade dos 32 mil advogados inscritos na Ordem pede auxílio financeiro para mitigar os efeitos que o novo coronavírus traz ao rendimento mensal de muitos destes profissionais.

Efeitos jurídicos das medidas governativas no âmbito do combate à Covid-19

Poder-se-ia sustentar que apoios à manutenção de postos de trabalho são também apoios às empresas. Contudo, os referidos apoios exigem uma disponibilidade financeira imediata das empresas.

Respostas rápidas: como funciona o regime do ‘lay-off’ simplificado?

O ‘lay-off’ simplificado é uma das medidas anunciadas pelo Governo destinadas a apoiar as empresas durante a pandemia da Covid-19. No entanto, o texto legislativo tem deixado algumas dúvidas de interpretação. O escritório Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados fez um estudo em que pretende dissipar algumas dúvidas.
Comentários