Telles assessorou venda da GoContact à americana Broadvoice

A operação de venda da GoContact à Broadvoice, uma empresa norte-americana de comunicações, por 21 milhões de euros, foi acompanhada pela equipa de societário, comercial e M&A da Telles Advogados, liderada por Francisco Espregueira Mendes e Diogo Damião, tendo contado ainda com a intervenção de Pedro Pires da Rosa.

Fotografia cedida

A sociedade de advogados Telles assessorou os acionistas da GoContact, spin-off da empresa de engenharia e telecomunicações Wavecom, na venda de 100% das ações representativas do capital social desta sociedade à tecnológica norte-americana Broadvoice.

A operação foi acompanhada pela equipa de societário, comercial e M&A da sociedade, liderada pelo sócio Francisco Espregueira Mendes e pelo associado sénior Diogo Damião, tendo contado ainda com a intervenção do advogado Pedro Pires da Rosa.

A Wavecom, empresa de engenharia e telecomunicações aveirense, vendeu o seu spin-off GoContact à Broadvoice, uma empresa norte-americana de comunicações, por 21 milhões de euros.

A GoContact é um fornecedor internacional de referência de soluções integradas de contact center as a service (CCaaS) em plataforma Cloud e inteligência artificial, sedeada em Aveiro e com operações de vendas e serviços em Portugal, Espanha, Marrocos, Angola e Colômbia. De acordo com o comunicado divulgado, a plataforma tecnológica e operações internacionais serão integradas na Broadvoice, empresa tecnológica norte-americana fornecedora de serviços de voz, comunicações unificadas e serviços de conexão para empresas.

“A aquisição da GoContact pela Broadvoice e inerente combinação das respetivas tecnologias complementares, operações, experiência, alcance geográfico e talento, representarão sinergias e vantagens competitivas significativas que irão potenciar a aceleração e o desenvolvimento dos respetivos negócios e o reforço e projeção das respetivas marcas”, refere a Telles Advogados em comunicado.

Recomendadas
luís_menezes_leitão_bastonário_ordem_advogados

Advogados elogiam pedido de constitucionalidade da lei que obriga denúncias de evasão fiscal

A Provedora de Justiça pediu ao Tribunal Constitucional a 15 de setembro que fiscalize a lei publicada a 21 de julho de 2020 que transpôs uma diretiva europeia, estabelecendo a obrigação de comunicação à AT a de determinados mecanismos internos ou transfronteiriços com relevância fiscal.

Ordem dos Advogados aprova regra que obriga a mestrado ou doutoramento para entrar na profissão

A proposta do Conselho Geral, liderado pelo bastonário Luís Menezes Leitão, teve esta sexta-feira ‘luz verde’ e segue para a Assembleia da República para o veredito final.

Inovação e talento na advocacia em debate

Gestão da inovação e identificação e retenção de talento são dois desafios que a advocacia terá de enfrentar pós-pandemia. Aresposta é essencial para o desenvolvimento da atividade.
Comentários