Tem seguro automóvel? Deve saber em que consiste a franquia

Se já contratou um seguro automóvel, certamente que se deparou com o termo franquia, mas sabe exatamente o que quer dizer? A franquia diz respeito ao montante que fica a seu cargo, enquanto tomador do seguro, em caso de acidente. Neste artigo explicamos-lhe tudo sobre a franquia e como é que afeta o preço do seu seguro auto.

Em Portugal é obrigatório, por lei, ter seguro automóvel para todos os veículos terrestres com motor (e respetivos reboques) para os quais seja obrigatório ter um título de condução, pelo que deve ter em consideração vários aspetos aquando da escolha do seguro, para que opte pelo mais vantajoso.

Não é só importante olhar ao prémio a pagar, mas também analisar as coberturas incluídas e as condições que são estipuladas no contrato, nomeadamente o valor da franquia, que terá impacto direto no preço do seu seguro.

Mas em que consiste a franquia do seu seguro automóvel? Conforme mencionado no website da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF), “a  franquia corresponde ao valor que fica a cargo do tomador do seguro, em caso de  sinistro”, responsabilizando-o por uma parte do prejuízo.

Imaginemos que tem um acidente. Dependendo do que ficou definido nas condições particulares da sua apólice de seguro, pode ficar responsável pelo pagamento de um montante fixo ou de uma percentagem do valor do capital seguro ou do dano.

Como é definido o valor da franquia?

O valor da franquia é definido nas condições específicas do contrato do seu seguro automóvel e pode ter um valor fixo, independentemente dos danos do acidente, ou ser estipulado com base numa percentagem do valor do carro ou dos danos.

O caso do Miguel

O Miguel tem um carro cujo valor comercial é de 15 mil euros e, há duas semanas, teve um acidente do qual resultaram danos no valor de mil euros, sendo necessário ativar o seu seguro auto.

Foi verificar a sua apólice de seguro para saber qual o valor dos danos que ia ficar a seu encargo e verificou que a franquia acordada com a seguradora tinha por base uma percentagem do valor do carro, correspondente a 5%.

Desta forma, o Miguel ficou encarregue de pagar 750 euros pelos danos resultantes do acidente, independentemente do prejuízo gerado. Por sua vez, a seguradora encarregou-se de pagar apenas os 250 euros, perfazendo os mil euros totais.

O caso da Marta

A Marta teve um acidente do qual resultou um prejuízo de 800 euros. Como o seu contrato estipula um valor fixo de franquia de 500 euros, independentemente do valor do seu carro, ela sabia que teria de encarregar-se desse valor.

Assim sendo, a seguradora ficou apenas responsável por pagar os 300 euros restantes.

Como funciona a franquia do seguro auto?

Algumas seguradoras têm franquias obrigatórias, ao passo que outras permitem que o valor e a modalidade (valor fixo ou percentagem) sejam negociados com o tomador.

A franquia do seguro auto funciona de duas formas diferentes, dependendo do tipo de seguro e das coberturas que o mesmo engloba e que são ativadas.

Caso tenha um seguro de danos próprios, o valor da franquia é deduzido ao valor da indemnização pago pela seguradora ao tomador do seguro, ou seja, não tem de se preocupar em pagar nada à sua companhia de seguros depois.

Se usufruir de um seguro de responsabilidade civil, a seguradora paga a indemnização na totalidade aos terceiros lesados no acidente, tendo o tomador do seguro de pagar à companhia de seguros o valor da franquia, posteriormente.

 

Tenha atenção:

Se o prejuízo resultante do sinistro for inferior ou igual ao valor da franquia, o pagamento é inteiramente da responsabilidade do tomador do seguro. A seguradora apenas cobre os danos que são superiores à franquia, até ao montante do capital seguro.

Qual o impacto da franquia no valor do prémio?

A existência de franquias nos contratos de seguro automóvel não só tem vantagens para as seguradoras, como também favorece os segurados, pois quanto mais elevado for o valor da franquia, mais baixo será o prémio do seguro.

No entanto, uma vez que é o tomador que fica responsável por parte dos prejuízos, as seguradoras conseguem reduzir os custos, pois acabam por não ter de assegurar o pagamento de danos mais reduzidos, sendo que, muitas vezes, alguns sinistros nem chegam a ser participados às companhias.

O que ter em conta na definição de uma franquia?

Ter um seguro com um prémio anual reduzido é bastante aliciante, no entanto é necessário que tenha em consideração que, se a sua seguradora apresentar um preço mais baixo, provavelmente o valor da franquia vai ser mais elevado em algumas coberturas, significando que os custos de reparação dos danos a seu cargo ou o valor de indemnização a suportar em caso de acidente serão mais elevados.

Contudo, não é esperado que tenha acidentes com regularidade. Ter uma franquia mais elevada e um preço de seguro mais baixo pode ser uma forma de incentivar os condutores a terem um cuidado redobrado na estrada e a praticarem uma condução defensiva, de forma a evitarem acidentes.

Ler mais
Relacionadas

Passo a passo: como comprar carros penhorados?

Está a pensar trocar de carro, mas ainda não encontrou o negócio ideal? Se ainda não consultou os bens penhorados pelas Finanças, não deixe de fazê-lo. Entre esses bens, podem constar carros penhorados ou declarados abandonados a favor do Estado e que estão à venda. Saiba onde encontrá-los e como pode fazer uma proposta de compra.

Seguro Auto: como cancelar e porque deve fazê-lo?

O seguro automóvel é obrigatório por lei, não podendo um veículo a motor circular na estrada sem ter esta garantia. Sendo uma despesa fixa da qual não se pode livrar, importa contratar o que tiver as coberturas que realmente necessita pelo melhor preço possível. Não está satisfeito com o que tem atualmente? Saiba como cancelar o seguro automóvel e se lhe compensa fazê-lo.

Como escolher o melhor seguro automóvel?

Ter um seguro automóvel não só é obrigatório por lei como é indispensável para proteção face a eventuais acidentes ou danos. Mas a questão que se coloca é: como escolher o melhor seguro automóvel?

O que é uma apólice de seguro auto?

Quando contrata um seguro (seja este de que natureza for: automóvel, de saúde, de vida, etc.), o documento que o formaliza é chamado de apólice de seguro – provavelmente já ouviu esta expressão. Antes de assinar um contrato com uma seguradora, deve garantir que a sua apólice contém todas as coberturas de que realmente precisa.

O que fazer em caso de acidente de viação?

Ter conhecimento sobre o que fazer em caso de acidente é crucial para que possa manter a calma e a ponderação durante um acontecimento como este. Descubra tudo neste artigo.

Saiba como preencher a declaração amigável de acidente automóvel

Quando tem um acidente, tem de preencher a Declaração Amigável de Acidente Automóvel no sentido de participar o sinistro à sua seguradora. A entrega deste impresso deve ser feita quando ambos os intervenientes estão de acordo sobre a forma como o acidente ocorreu. Descubra tudo o que deve saber sobre este documento.
Recomendadas

Metro de Lisboa reduz oferta de transporte nas linhas azul e amarela

O Metropolitano de Lisboa manterá o seu serviço de exploração com a oferta a 100% nas linhas verde e vermelha, continuando a operar na sua capacidade máxima disponível, sem alterações à oferta nos dias úteis.

O que devo fazer se emigrar e tiver um contrato de telecomunicações

Se o contrato previr este caso, basta referi-las à operadora, mas se tal não está expresso, pode tentar apelar à compreensão da empresa: exponha a situação por escrito e inclua comprovativos de que vai mudar de país, sendo uma alteração de circunstância em causa. Poderá ainda avançar para um julgado de paz ou centro de arbitragem de conflitos de consumo. Mas primeiro faça as contas ao que falta pagar do período de fidelização e aos custos do processo.

Parcómetros de Gaia suspensos até final de fevereiro

As empresas que gerem o estacionamento concessionado em Vila Nova de Gaia não vão cobrar parcómetros até ao final de fevereiro e será a câmara a assumir a perda de receita, divulgou hoje aquela autarquia do distrito do Porto.
Comentários