Testes realizados nos lares da Madeira são todos negativos

Na passada quinta-feira, foram rececionados os resultados dos últimos testes realizados no dia anterior e são todos negativos, perfazendo um total de 2 mil 732 testes (1.369 utentes e 1.363 colaboradores).

A Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil informou que todos os testes realizados aos colaboradores e utentes dos 34 Estabelecimentos Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) existentes na Região Autónoma da Madeira são negativos.

As ultimas amostras foram colhidas na passada quarta-feira, no Lar de Gaula, Casa Sagrada Família e Refúgio São Vicente de Paulo, no total de 113 pessoas (73 utentes e 40 colaboradores).

A realização de testes Covid-19 iniciou-se no dia 20 de abril, no Lar Living Care de Câmara de Lobos, no total de 110 pessoas.

A estratégia de rastrear os utentes mais vulneráveis à Covid-19 prosseguiu e contemplou os 34 estabelecimentos distribuídos pelos onze concelhos, incluindo o Lar do Porto Santo.

Na passada quinta-feira, foram rececionados os resultados dos últimos testes realizados no dia anterior e são todos negativos, perfazendo um total de 2 mil 732 testes (1.369 utentes e 1.363 colaboradores).

A par destes estabelecimentos, neste período foi possível também realizar testes à Covid-19 às 580 ajudantes domiciliárias na Região Autónoma da Madeira. As primeiras 100 profissionais afetas ao Instituto de Segurança Social da Madeira no concelho do Funchal foram testadas no dia 14 de maio e as últimas no dia 19 de maio.

A realização destes testes para despiste da Covid-19 está enquadrada na estratégia regional levada a cabo pelo Governo Regional, através da Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil.

Ler mais
Recomendadas

Saiba como funciona o regime temporário e excecional relativo aos contratos de seguro

Esta medida prevê a suspensão do regime da imperatividade absoluta aplicada aos prémios de seguros, ou seja, da obrigatoriedade de prévio pagamento do prémio para que o risco seja coberto, permitindo que o segurado (tomador do seguro) não fique sem cobertura do risco quando não paga o seguro (imperatividade relativa).

Presidente do Marítimo discorda do desfecho diferente entre I e II Liga

O dirigente ‘verde rubro’ acrescentou que o apoio que as equipas da II Liga receberam condicionou a posição desses mesmos clubes nesta contestação.

Madeira: PS defende Orçamento Suplementar focado no apoio às empresas e emprego

O Ps Madeira defende medidas como a suspensão da lei de finanças regionais de modo a permitir mais endividamento, a extensão do lay-off, apoio extraordinário ao setor do Turismo.
Comentários