Tonic App vence Lisbon Investment Summit com plataforma para ajudar médicos

A aplicação desenvolvida pela empresa nacional agrega vários conteúdos e ferramentas de que os clínicos necessitam para tratar os seus pacientes. A startup liderada por Daniela Seixas terá acesso ao programa “Grow”, do grupo José de Mello.

A empresa portuguesa Tonic App venceu a competição do Lisbon Investment Summit (#LIS18) com a apresentar de uma plataforma digital para auxiliar médicos a diagnosticar e a tratar os seus pacientes.

“É um dos melhores eventos em Portugal para a procura de investimento de capital de risco. Este prémio dá-nos visibilidade global exatamente na altura em que estamos à procura de smart investors na área da saúde digital e tecnologia”, explica Daniela Seixas, médica e CEO da Tonic App.

Utilizada por mais de 5.000 médicos em Portugal, a plataforma vai agora aceder ao programa de aceleração “Grow”, do grupo José de Mello.

“Ganhar o #LIS18 é fruto do trabalho incansável de uma equipa fantástica e um passo muito importante na nossa caminhada para tornarmos a Tonic App a ferramenta digital de todos os médicos”, completa Gonçalo Vilaça, COO.

Com dois anos, ADN do Porto e ‘apadrinhamento’ da Portugal Ventures, a Tonic App quer apostar na internacionalização, pelo que evento organizado pela Beta-i poderá ser o início de uma nova fase para o negócio, segundo acreditam os responsáveis pelo projeto.

Recomendadas

Farfetch: apoiar as novas gerações de empreendedores

Promover a inovação e o empreendedorismo faz parte da estratégia de José Neves. A segunda edição da aceleradora da Farfetch foi desenvolvida em cooperação com as marcas de moda Stella McCartney e Burberry.

Huub investe 2 milhões de euros para ser a “Amazon da moda”

Até 2020, a startup prevê investir este valor para escalar a sua plataforma. O plano prevê a contratação de 30 novos colaboradores para os departamentos “tech” e o reforço de parcerias junto dos gigantes tecnológicos Google e Amazon.

Web Summit: Empresas portuguesas que participaram em 2016 arrecadaram financiamentos de 60 milhões de euros

As ‘startup’ portuguesas que participaram na primeira edição da cimeira tecnológica Web Summit em Lisboa, há três anos, já arrecadaram quase 60 milhões de euros em financiamento após 41 rondas de investimento, informou a organização à agência Lusa.
Comentários