Topo da agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

Os dados macroeconómicos estarão em destaque esta semana, com a divulgação do défice no primeiro trimestre, mas também os dados sobre a confiança dos consumidores em Portugal e na zona euro, bem como o endividamento da economia.

mario_centeno_banco_de_portugal_1
José Sena Goulão/Lusa

Segunda-feira, 21 de junho

Evento em destaque: Centeno fala sobre os principais riscos para a estabilidade financeira em Portugal

O Banco de Portugal (BdP) divulga esta segunda-feira o Relatório de Estabilidade Financeira de junho, o que contará com uma conferência de imprensa do governador da instituição, Mário Centeno. O relatório do regulador analisa os principais riscos para a estabilidade financeira em Portugal e as principais vulnerabilidades, olhando também para a política macroprudencial.

Outros eventos em foco:

  • Instituto Nacional de Estatística (INE) dá a conhecer a síntese económica de conjuntura, de maio
  • INE publica estatísticas rápidas do transporte aéreo, de abril
  • Presidente do Banco Central Europeu discursa no Parlamento Europeu

Terça-feira, 22 de junho

Evento em destaque: Comissão Europeia mede o pulso à confiança dos consumidores

A Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia divulga os dados sobre a confiança dos consumidores na zona euro em junho. Em maio, a confiança dos consumidores manteve a trajetória de recuperação que arrancou em fevereiro, aumentando 3,0 pontos quer nos países da moeda única, quer na União Europeia.

Outros eventos em foco:

  • BdP publica os dados da balança de pagamentos
  • Audiência do Tribunal de Contas Europeu na Assembleia da República

Quarta-feira, 23 de junho

Evento em destaque: Como tem evoluído o preço da habitação em Portugal?

O INE divulga o Índice de Preços da Habitação do primeiro trimestre. No ano passado, o Índice de Preços da Habitação aumentou 8,4%, menos 1,2 pontos percentuais (p.p.) do que em 2019, tendo o aumento médio anual dos preços das habitações existentes (8,7%) sido superior ao das habitações novas (7,4%).  De acordo com o INE, no quarto trimestre de 2020, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços da Habitação foi 8,6%, mais 1,5 p.p. que no trimestre anterior.

Outros eventos em foco:

  • BdP publica endividamento da economia e o financiamento das administrações públicas
  • São conhecidos os PMI Industrial e de Serviços da zona euro, de junho.

Quinta-feira, 24 de junho

Evento em destaque: INE revela em quanto se fixou o défice português no primeiro trimestre

O INE publica esta quinta-feira as contas nacionais trimestrais por setor institucional relativas ao primeiro trimestre. Será conhecido, assim, o défice do primeiro trimestre, mas também detalhes sobre a capacidade de financiamento da economia. Os dados permitirão ainda aferir a poupança das famílias no primeiro trimestre, bem como saldo das sociedades não financeiras.

Outros eventos em foco:

  • BCE divulga Boletim Económico mensal
  • Banco de Inglaterra anuncia decisão sobre taxas de juro
  • É conhecido o PIB dos Estados Unidos relativo ao primeiro trimestre

Sexta-feira, 25 de junho

Evento em destaque: BCE divulga dados dos empréstimos ao setor privado

A instituição presidida por Christine Lagarde apresenta a evolução monetária da zona euro, de maio, divulgando os dados relativos aos empréstimos a empresas não financeiras, mas também os empréstimos ao sector privado. Em abril, a taxa de crescimento anual do agregado monetário M3 diminuiu para 9,2% em abril de 2021.

Recomendadas

Operadora de jogo de Macau MGM China com resultado positivo de 12,6 milhões

A MGM China, operadora de jogo com dois casinos em Macau, anunciou esta quinta-feira um EBITDA positivo (lucros antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) no segundo trimestre do ano.

Topo da agenda: o que vai marcar a atualidade esta quinta-feira

«Enquanto os parceiros continentais de Bruxelas e, do outro lado do Atlântico, a Fed insistem que a economia tem ainda alguns passos a dar até se poder pensar numa subida das taxas de juro, Londres deverá manter semelhante posição, podendo, no entanto, sinalizar já alguma abertura a considerar o próximo passo.

Levantamento de restrições e valorização da libra indicam recuperação do turismo britânico em Portugal

A fintech Ebury, especializada em pagamentos internacionais, diz que, tendo em conta a preferência dos portugueses por destinos de praia, os destinos mais vantajosos em termos cambiais são o Dubai (Emirados Árabes Unidos), as Caraíbas e Zanzibar, na Tanzânia.
Comentários