Topo da agenda: o que não pode perder na economia e nos mercados esta semana

É conhecido o défice oficial do ano passado, que se deverá ter situado abaixo da meta das Finanças. A marcar a semana estarão ainda as audições no Parlamento sobre a gestão da Caixa Geral de Depósitos.

Brexit: Acordo de saída volta ao Parlamento britânico

As negociações para o Brexit continuam esta semana, depois do Conselho Europeu ter concordado com uma extensão até 22 de maio se a Câmara dos Comuns aprovar o acordo de saída esta semana. Caso o acordo não seja aprovado, o Conselho Europeu concorda com uma extensão até 12 de abril de 2019. Neste caso, os líderes europeus dizem esperar “que o Reino Unido indique um caminho a seguir antes desta data, para ser considerada pelo Conselho Europeu”. A votação tem lugar depois de dois chumbos dos deputados britânicos ao acordo: um em janeiro por uma diferença de 230 votos e outro em março por uma diferença de 149 votos.

Défice de 2018 deverá ter ficado abaixo da meta do Governo

A semana será rica na divulgação de indicadores económicos, mas todas as atenções estão centradas na publicação esta terça-feira dos dados do Instituto Nacional de Estatística referente ao défice do ano passado. O ministro das Finanças, Mário Centeno, revelou em fevereiro numa audição no Parlamento que o défice terá fechado o ano perto de 0,6%. No entanto, um relatório da UTAO aponta que o défice de terá fixado em 0,4% do PIB. “A confirmar-se esta estimativa, o resultado alcançado em 2018 deverá ter superado tanto o objetivo inicial de –1,1% do PIB fixado no OE/2018, como a estimativa revista de –0,7% do PIB apresentada pelo Ministério das Finanças no Programa de Estabilidade (PE/2018-22) e, posteriormente, confirmada na Proposta de Orçamento do Estado para 2019 (POE/2019)”, aponta a UTAO. Também neste dia o Banco de Portugal (BdP) divulga os dados relativos à dívida pública do ano passado.

Início das audições no Parlamento sobre a gestão da CGD

Arrancam esta semana as audições, no Parlamento, no âmbito da II Comissão de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e à gestão do banco, criada após a divulgação do relatório de auditoria da EY à gestão da CGD entre 2000 e 2015 e que concluiu que existiram perdas de 1.647 milhões de euros em 186 operações de crédito que acabaram por se revelar ruinosas. Segundo a auditoria da EY no ‘Top 25’ dos créditos mais ruinosos, num total de 1.263 milhões de euros, foi entre 2000 e 2007 que se concentraram 78% destas operações. A primeira audição tem lugar terça-feira, dia 26, com os deputados a ouvir os esclarecimentos da Erneste&Young. Na quarta-feira, dia 27, as atenções centram-se nos esclarecimentos do Governador do BdP, Carlos Costa, e na quarta-feira, dia 28, os deputados irão questionar o antigo-governador do BdP, Vítor Constâncio.

DGO divulga execução orçamental até fevereiro

A Direção Geral do Orçamento publica esta quarta-feira o relatório da execução orçamental, de fevereiro. No primeiro mês do ano, as administrações públicas registaram excedente orçamental de 1 542,1 milhões de euros, o que reflete uma melhoria de 751 milhões de euros face ao mesmo período do ano anterior (791,1 milhões de euros), com um crescimento da receita (10,4%) e uma redução da despesa (-1,9%). A receita fiscal cresceu 12,8%, impulsionado pelo aumento da receita do IVA (15,9%), IRS (7,6%) e do IRC (84,4%) devido ao desempenho da economia.

Ler mais
Recomendadas

Países do Mercosul aceleram entrada em vigor do acordo com União Europeia

Os países do Mercosul concordaram em entrar individualmente no acordo com a União Europeia à medida que o parlamento de cada Estado aprovar o texto, sem esperarem pela aprovação de todos as nações para oficializar a integração.

Circulação ferroviária na Linha de Cascais interrompida por causa de atropelamento

A circulação ferroviária na Linha de Cascais está interrompida nos dois sentidos desde o início da manhã por causa de um atropelamento que provocou um morto, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Exercício da proteção civil condiciona hoje trânsito em Monsanto

O exercício vai condicionar o trânsito em vários pontos de Monsanto entre as 9:30 e as 11:30, saiba quais.
Comentários