Toys “R” Us quer recuperar quota e faturar 170 milhões este ano

A multinacional reforçou a sua presença ‘online’ para recuperar a quota de mercado em Portugal e Espanha e quer faturar mais de 170 milhões de euros este ano.

A multinacional Toys “R” Us reforçou a sua presença ‘online’ para recuperar a quota de mercado em Portugal e Espanha e quer faturar mais de 170 milhões de euros este ano.

“Queremos recuperar a quota que tínhamos antes [da liquidação] nos Estados Unidos. O objetivo é faturar mais de 170 milhões de euros em 2019 e ultrapassar os 200 milhões em quatro anos”, assegurou, em entrevista à agência de notícias EFE, o presidente executivo da Toys “R” Us Ibéria, Paulo Sousa.

Para recuperar a quota de mercado em Portugal e Espanha, que caiu de 17% para 15% em três anos, a empresa aumentou a rapidez e flexibilidade das suas entregas e renovou a sua página na internet, permitindo que esta passasse a funcionar nos dispositivos móveis.

Por outro lado, a Toys “R” Us vai continuar a apostar no aumento da sua rede de lojas físicas, tanto para incrementar a sua presença, como para melhorar a experiência ‘online’, explicou Paulo Sousa.

A multinacional registou, em 2018, 152 milhões de euros de vendas em Espanha e Portugal, menos 15,5% do que no ano anterior, período que coincidiu com o encerramento de lojas no Reino Unido e com a liquidação do negócio nos Estados Unidos.

Em agosto de 2018, a cadeia de brinquedos anunciou a continuação da suas operações na Península Ibérica, após a sua compra por investidores portugueses.

“A operação da Toys “R” Us Ibéria continuará em funcionamento e desenvolvimento em Espanha, após um processo de aquisição por investidores portugueses, a Green Swan, representada por Paulo Andrez”, que se juntam à atual equipa de gestão, “como novos proprietários”, referiu a empresa, num comunicado divulgado na altura.

A Toys “R” Us entrou em Portugal em 1993, com a abertura das lojas de Telheiras (Lisboa) e de Vila Nova de Gaia. Um ano depois inaugurou a unidade no Cascais Shopping e em 1997 em Braga e no Centro Comercial Colombo (Lisboa).

Em 2002 inaugurou duas lojas no Almada Fórum e no Aveiro Retail Park. Em 2012 chegou ao Freeport, em 2014 ao Mar Shopping, em 2016 abriu em Braga e, em 2017, inaugurou a loja em Guimarães, de acordo com dados da empresa.

Ler mais
Recomendadas

Grupo Vila Galé investe 3,5 milhões de euros em lagar no Alentejo

A empresa Casa Santa Vitória, do grupo Vila Galé, inaugurou este sábado um lagar para produzir os seus próprios azeites, no concelho de Beja, que implicou um investimento de 3,5 milhões de euros.

PremiumPortugal é considerado o berço internacional da inovação têxtil e do calçado

A aposta na internacionalização e no aumento das exportações só foi possível depois de mudança de paradigma: a indústria já não compete pelo preço, mas pelo que de surpreendente lança no mercado.

Espanha domina 70% das obras públicas na ferrovia nacional

O presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços (AECOPS), Ricardo Pedrosa Gomes, considera que a percentagem é “desproporcionada” e nota que “nunca existiu reciprocidade no mercado espanhol”.
Comentários