Trabalha a recibos verdes ou é sócio-gerente? Hoje é o último dia para pedir apoios ao Estado

Esta é a data limite para estes trabalhadores a recibos verdes, que observaram quebras nas receitas, solicitarem o auxílio extraordinário relativo ao mês de abril, que durou entre dia 20 e termina esta quinta-feira.

Os trabalhadores independentes e sócios-gerentes que verificaram uma redução da atividade económica da sua empresa devido aos efeitos da pandemia de Covid-19 têm até esta quinta-feira, dia 30 de abril, para submeter o pedido de apoio ao Estado.

Esta é a data limite para estes trabalhadores a recibos verdes, que observaram quebras nas receitas, solicitarem o auxílio extraordinário relativo ao mês de abril, que durou entre dia 20 e termina hoje.

De acordo com a Segurança Social, os sócios-gerentes não precisam de apoiar uma quebra total da atividade para submeterem um pedido de apoio extraordinário, mas uma quebra mínima de 40% da atividade, sendo que aqueles que realizaram uma paragem total do negócio também podem pedir o apoio em questão.

A Segurança Social aponta que nas declarações de pedidos “devem ser indicados os rendimentos auferidos em janeiro, fevereiro e março de 2020”, sendo que estes “servem para o cálculo das contribuições dos meses de abril, maio e junho de 2020”.

Segundo uma nota da Segurança Social, é importante registar o IBAN na Segurança Social Direta, uma vez que os apoios excecionais “serão pagos apenas por transferência bancária”. Este apoio financeiro deve ser requerido através de um formulário disponível na Segurança Social Direta.

Recomendadas

Plano de António Costa Silva visa portos, energia, digital e saúde

“Esta crise mostrou que o papel do Estado tem que ser mais valorizado, mais Estado na economia, o Estado é o último protetor contra todo o tipo de ameaças”, afirmou o gestor independente, que diz ser “favorável aos mercados”, convidado pelo primeiro-ministro para elaborar um plano de recuperação económica para o pós-pandemia Covid-19.

Câmara de Comércio Americana em Portugal debate desafios laborais no pós ‘lockdown’

A sessão de esclarecimento será conduzida por Alexandra Almeida Mota, advogada da BAS, especializada na área do Trabalho e da Segurança Social,

Primeiro-ministro confirma convite a António Costa e Silva para coordenar Programa de Recuperação Económica

“O professor António Costa e Silva foi convidado pelo primeiro-ministro para coordenar a preparação do Programa de Recuperação Económica”, referiu hoje o gabinete de António Costa, numa nota enviada à agência noticiosa nacional.
Comentários