PremiumTrabalhadores da AT temem novas estirpes e exigem testagem sistemática

Cerca de um milhar de trabalhadores nas alfândegas temem contágios com abertura de fronteiras ao turismo. Associação profissional reivindica testagem sistemática para trabalhadores da AT em contactos de risco.

A Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira (APIT) exige mais e melhores condições de segurança para enfrentar a pandemia. O presidente da associação, Nuno Barroso, reclama a testagem sistemática da Covid-19 para cerca de um milhar de trabalhadores do fisco em funções nas alfândegas que, “ao contrário de todos os outros órgãos de polícia criminal (OPC), como o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, estão fora da estratégia de testagem em Portugal em locais ou situações de maior risco de transmissão”. A APIT alerta ainda que os trabalhadores da AT com funções nos portos e aeroportos “passam a ser a linha da frente de entrada de novas estirpes”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Certificado digital e de recuperação: Sabia que tem de renovar ao fim de 180 dias? (com áudio)

Segundo o portal do Serviço Nacional de Saúde, quem foi vacinado há mais de seis meses têm que renovar o certificado digital para que seja válido.

Madeira regista mais 27 casos positivos e 15 recuperados de Covid-19

A Madeira passou de 227 para 239 casos ativos de coronavírus, 92 são importados e 147 de transmissão local. Existem 64 situações em estudo pelas autoridades de saúde.

Sindicatos reúnem-se com Governo para debater insolvência da Groundforce

A reunião, por videoconferência, deverá contar com a maioria das estruturas sindicais representadas na empresa, conta com a presença do secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Mendes, e tem como objetivo informar os trabalhadores sobre o processo. 
Comentários