Tranquada Gomes: Assembleia Legislativa não deve ser “vulgarizada” por encenações mediáticas

Na sessão Solene do Dia do Concelho de Câmara de Lobos, o presidente da ALRAM lembrou que a Autonomia não pode servir para desresponsabilizar o Estado das obrigações para com as Regiões Autónomas e apelou à valorização dos órgãos de poder local, independentemente das diferentes ideologias.

A afirmação da Autonomia não passa por protagonismos, nem pode ser vulgarizada por encenações que visem esse fim, afirmou, esta quinta-feira, Tranquada Gomes.

O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira (ALRAM) falava na sessão solene do Dia do Concelho de Câmara de Lobos, altura em que defendeu também que a Autonomia não pode servir para desresponsabilizar o Estado português das suas obrigações para com a Madeira.

O líder do Parlamento Regional evocou os custos do orçamento regional com a Saúde e a Educação, um esforço orçamental da ordem dos 700 milhões de euros por ano, e deixou claro que o financiamento em 50% do projeto para o novo hospital da Madeira faz parte das obrigações do Estado para com  a saúde dos seus cidadãos.

Tranquada Gomes pediu ainda a todas as instituições democráticas para que valorizem os órgãos de poder local, independentemente das diferenças ideológicas, lembrando que são esses valores que sustentam a Autonomia.

O município entregou 13 condecorações e uma a título póstumo ao médico António Castro.

Recomendadas

Aquicultura na Madeira? Bluegrowth defende mais informação e articulação com o turismo

A Bluegrowth, consultora tecnológica portuguesa especializada na Economia do Mar, arrancou já com a primeira instalação piloto do projecto Ground Zero na produção de douradas da Marismar, situada no Concelho da Calheta na Ilha da Madeira.

Maioria dos consumidores “digitais” não abdica de visitar uma loja física para ver o artigo

Os jovens consumidores portugueses, geração entre os 18 e os 34 anos, gostam de procurar os produtos online, mas depois compram-nos na loja física. Apesar de preferirem mais as compras em lojas físicas do que os seus pares europeus, os millennials portugueses são os que mais referem interagir com os retalhistas nas redes sociais.

Madeira espera agitação marítima até quinta-feira

O aviso abrange a costa norte e o Porto Santo.
Comentários