Trinta marcas portuguesas de moda reunidas em Paris este mês

A iniciativa, que se realizou pela primeira vez em 2017, servirá para “apresentar ao público especializado as propostas para a estação primavera/verão 2020 de designers, marcas industriais, calçado e joalharia num espaço de partilha com o ‘lifestyle’ português”.

Cerca de 30 marcas portuguesas do setor da moda estarão reunidas em Paris, de 18 a 20 de junho, enquanto decorre a Semana de Moda Masculina da capital francesa, numa iniciativa de algumas associações do setor.

O Showcase Moda Portugal, uma iniciativa promovida pelo pelo Centro de Inteligência Têxtil (CENIT) e pela Associação Nacional das Indústrias e Vestuário e Confeção (ANIVEC), em parceria com as associações setoriais ligadas ao universo da moda, “pretende promover de forma inovadora, em linha com as melhores práticas internacionais, não só o ‘Made in Portugal’ [feito em Portugal], mas também as marcas e o design com assinatura nacional”, refere a organização, num comunicado hoje divulgado.

A iniciativa, que se realizou pela primeira vez em 2017, servirá para “apresentar ao público especializado as propostas para a estação primavera/verão 2020 de designers, marcas industriais, calçado e joalharia num espaço de partilha com o ‘lifestyle’ português”.

A organização sublinha tratar-se de uma iniciativa “inédita no panorama associativo nacional, porque irá acolher no mesmo espaço e na mesma ação promocional internacional, a presença colaborativa das associações setoriais ANIVEC, APICCAPS (Associação Portuguesa Ind. Calçado Componentes Artigos Pele Sucedaneos) e AORP (Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal), e também das organizações ModaLisboa e Portugal Fashion”.

Nesta segunda edição do Showcase Moda Portugal, com curadoria da diretora da ModaLisboa, Eduarda Abbondanza, participam marcas de vestuário como Baccus, Frenken, Impetus, Inimigo, Maria by Fifty e Unilopes, de acessórios e ‘lifestyle’ como Aalmavina, Branco_Chá, Rita GT, Thomas Mendonça, Vandoma e Westmister, de calçado como As Portuguesas, Undandy e Wolf and Son.

A moda de autor estará representada por criadores como Constança Entrudo, David Catalán, Hugo Costa, Inês Torcato, Kolovrat e Luís Carvalho.

A organização do Showcase Moda Portugal lembra que o setor do vestuário em Portugal “representa 3,1 mil milhões de euros por ano de exportações e emprega cerca de 90 mil pessoas”. “Em conjunto, o vestuário, o calçado e a ourivesaria/joalharia são responsáveis por 5,1 mil milhões de euros de exportações e por mais de 140 mil trabalhadores”, refere.

A iniciativa é cofinanciada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização do Portugal 2020.

Ler mais
Recomendadas

“A Empresa das Índias”

Observador atento das convulsões económicas, sociais e ambientais, Erik Orsenna descreve-nos aqui os oito anos de preparação da viagem sonhada por Cristóvão Colombo. Lisboa é o pano de fundo e o sonho é ‘tocado’ a quatro mãos com o seu irmão Bartolomeu. Aqui fica a sugestão de leitura desta semana da livraria Palavra de Viajante.

Amarante tem nova identidade visual

‘Natureza Criativa’. Assim se chama a nova identidade daquela que era até agora a ‘princesa do Tâmega’. Captar investimento e atrair turismo são duas das opções estratégicas.

Museu do Prado contribui com 745 milhões de euros anuais para a economia espanhola

O contributo económico total representa 16 vezes o orçamento do museu e 48 vezes o apoio financeiro que recebe do Estado, que, em 2018, foi de 15,3 milhões de euros.
Comentários