Turismo entre Brasil e Portugal movimentou 547 milhões de euros

O Brasil foi o quinto país que mais enviou turistas para Portugal em 2015, com um total de 553.000 visitantes. O turismo é fundamental para o crescimento de comércio de serviços entre os dois países.

12.

Portugal foi o décimo maior emissor de turistas para o Brasil em 2015, representando 2,57% da procura total de estrangeiros no ano, com 162.305 visitantes, segundo informações fornecidas à agência Lusa pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

De acordo com a entidade brasileira de turismo, o Brasil tem um mercado importante da procura externa para Portugal, tendo representado 3,3% do total das receitas do setor em 2015. No mesmo ano, foram contabilizadas cerca de 1,3 milhões de dormidas de brasileiros em estabelecimentos hoteleiros portugueses, que representa 3,8% do total das dormidas em Portugal.

As regiões preferidas pelos turistas brasileiros foram a Área Metropolitana de Lisboa (54,5%), o Norte (22,4%), o Centro (13,6%) e o Alentejo (4,3%).

O instituto de turismo brasileiro também indicou que, para os portugueses, a imagem do Brasil está consolidada como destino de sol e praia, rico em natureza e em opções turísticas.

Rio de Janeiro (43,9), São Paulo (12,2%), Salvador (8,4%) e Fortaleza (6,7%) foram os destinos mais procurados pelos portugueses. Segundo a Embratur, outro dado relevante diz respeito ao grau de satisfação dos portugueses que visitam o Brasil: 76,5% avaliaram que a viagem superou ou atendeu plenamente as expetativas e 94,6% manifestaram o desejo de regressar ao país.

Desde 2008, a oferta de voos diretos a ligar os dois países aumentou oito por cento e a oferta de lugares subiu 22,56%. Atualmente, existem 69 voos semanais a ligar duas cidades portuguesas (Porto e Lisboa) a onze destinos brasileiros (São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Porto Alegre e Belém).

No Brasil, segundo a Embratur, o setor de viagens e turismo atravessa uma fase de desenvolvimento estrutural. Como resultado, o Brasil registou recorde na entrada de turistas estrangeiros em 2016 e chegou a 6,6 milhões de visitantes, número que representa um aumento de 4,8% em relação ao ano anterior, número que é também explicado pelo Mundial de Futebol, em 2014, e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no Rio de Janeiro em 2016.

No total, os estrangeiros investiram 6,2 mil milhões dólares (5,8 mil milhões de euros) na economia brasileira, montante 6,2% maior que os 5,84 mil milhões de dólares (5,47 mil milhões de euros) gastos em 2015.

Ler mais

Recomendadas

ISEG estima que economia portuguesa cresça até 4,5% em 2021

Os economistas desta facultade de economia anteveem, numa primeira análise, que o crescimento homólogo do PIB português no segundo trimestre se deverá situar entre os 10% a 15%.

Falta de mão de obra limitou crescimento do emprego nos Estados Unidos em abril

As empresas do sector não agrícola contrataram só 266 mil empregados, depois dos 770 mil verificados no mês de março. A taxa de desemprego subiu para os 6,1% em abril, mais 0,1 pontos percentuais do que o registado no mês anterior.

Governo garante que vai recorrer para tribunal para manter migrantes no Zmar (com áudio)

O ministro da Administração Interna disse hoje que o Governo não foi ainda notificado de nenhuma decisão do tribunal. Se for, os advogados governamentais já têm ordens para contestar a providência cautelar e manter os trabalhadores migrantes no complexo que tem uma licença de parque de campismo.
Comentários