Turismo congratula-se com o fim da greve da Groundforce

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) considera “uma excelente notícia” a desconvocação da greve dos trabalhadores da Groundforce.

Cristina Bernardo

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) considera “uma excelente notícia” a desconvocação da greve dos trabalhadores da Groundforce que estava agendada para os dias 31 de julho, 1 e 2 de agosto, evitando a repetição dos constrangimentos que ocorreram nos dias 17 e 18 de julho.

Neste processo, “a CTP enaltece o empenho do Governo e das estruturas sindicais para encontrarem uma solução que vai ao encontro da garantia dos direitos dos trabalhadores”, diz aquela estrutura patronal em comunicado.

“A desconvocação da greve é uma excelente notícia para os trabalhadores da Groundforce e para os passageiros que tinham os seus voos marcados. É também da maior importância para o Turismo e para a economia nacional. É evidente que peca por tardia, uma vez que desde o pré-aviso de greve até ao momento em que foi desconvocada, registaram-se milhares de cancelamentos que poderiam ter sido evitados se tivesse existido maior celeridade no diálogo”, considera Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal, citado pelo comunicado.

A CTP recorda que a greve realizada nos dias 17 e 18 de julho “prejudicou milhares de pessoas com os cancelamentos e atrasos dos voos e teve também um impacto negativo na imagem de Portugal no exterior”, diz o documento.

“O Turismo tem sido uma das atividades económicas mais prejudicadas pela pandemia e os empresários têm feito um esforço enorme no sentido de manter os postos de trabalho, pelo que qualquer ação que afete o Turismo será mais um entrave na recuperação do setor. Nestes processos devem privilegiar-se todas as vias de diálogo antes de se avançarem com ações no terreno”, alerta o presidente da CTP.

Relacionadas

Groundforce. Sindicato STHA desconvoca três dias de greve, mas SITAVA mantém paralisação

Sindicato STHA, que convocou a greve no passado fim de semana que obrigou ao cancelamento de mais de 600 votos, disse que a “forte mobilização de todos os trabalhadores em todos os aeroportos foi determinante para este desfecho, contudo, não se encerram aqui os temas/problemas que continuam por resolver”. Já o sindicato SITAVA, o mais representativo na Groundforce, mantém os dias de paralisação.
Recomendadas

PSD força audição de ministro Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD requereu hoje, sexta-feira, a audição parlamentar obrigatória do ministro Eduardo Cabrita sobre o inquérito da Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI) relativa aos festejos do Sporting, e quer também explicações do presidente da Câmara de Lisboa.

PSD propõe aumentar número de círculos eleitorais

O documento com as linhas gerais da reforma do sistema eleitoral do PSD, hoje apresentadas pelo presidente, Rui Rio, e pelo vice-presidente David Justino em Pedrógão Grande (Leiria), foca-se na eleição dos deputados para a Assembleia da República.

NB: PCP votará contra relatório que isente governos do PSD/CDS e PS

“Consideramos que a maior falha está na ausência de uma responsabilização política dos governos do PSD/CDS e do PS nas decisões que foram tomadas relativamente ao Novo Banco”, criticou.
Comentários