Uber e startup Power Dot instalam posto de carregamento para veículos elétricos dos motoristas em Lisboa

A parceria vai permitir aos motoristas dos “Uber Green” fazer 850 carregamentos elétricos por dia.

A Uber estreou esta segunda-feira mais uma zona de carregamento de carros elétricos para os motoristas da aplicação, através de uma parceria com a startup portuguesa Power Dot. Depois de ter instalado dois hubs no distrito do Porto (Maia e Bonfim), a empresa de transportes de passageiros fixou agora um posto de carregamento rápido na Doca de Santo Amaro, em Lisboa.

O acordo com a Power Dot vai permitir aos “Uber Green” – que estão disponíveis em Portugal desde 2016 – fazer 850 carregamentos elétricos por dia. Nos próximos meses, o número de carregamentos na zona da capital deverá aumentar, uma vez que serão inaugurados mais dois hubs semelhantes, no Aeroporto Humberto Delgado e em Tires.

A rede de carregamento da Uber é exclusiva para parceiros e motoristas da marca. A empresa com sede na Califórnia designa os espaços de “hubs”, tendo em conta que estão desenhados para serem confortáveis para os motoristas enquanto aguardam (incluem serviços de limpeza, Wi-Fi, café, etc.), têm carregadores com tecnologia desenvolvida para o negócio e permitem carregar simultaneamente entre quatro a oito veículos.

Os motoristas e parceiros da Uber têm ainda acesso a um painel de controlo para gerir a sua operação, verificar a disponibilidade dos carregadores e consultar o histórico de carregamentos. “Queremos continuar a desenvolver soluções de carregamento para esta comunidade de motoristas e a abertura dos próximos dois power hubs será um passo importante para uma mobilidade mais sustentável em Lisboa”, explica Afonso Pinheiro, responsável pela startup nacional Power Dot.

A Uber estima que em Portugal os veículos elétricos disponíveis na sua aplicação poupem 40 toneladas de emissões de dióxido de carbono por semana e 2.080 toneladas por ano.

Recomendadas

Coreia do Sul já está a recorrer a robôs inteligentes para controlar Covid-19

Caso detete que a temperatura corporal de alguém está acima dos 37,5 graus centígrados, o robô emite um alarme enquanto recorre à inteligência artificial para detetar reuniões e aconselhar as pessoas a dispersarem.

“30 a 3”. Montepio Crédito debate “Logística & Transportes: preparar o futuro”. Assista em direto

Esta segunda-feira, dia 1, pelas 11 horas, o “30 a 3” dedica especial atenção do setor da Logística e dos Transportes. Numa conversa moderada pelo diretor adjunto do Jornal Económico, Shikresh Laxmidas, Pedro Gouveia Alves, presidente do Montepio Crédito debate este tema com protagonistas do setor.

“30 a 3”. Montepio Crédito debate “Logística & Transportes: preparar o futuro”

A web conference, que terá início às 11 horas e uma duração aproximada de 50 minutos, será transmitida em direto no Facebook do Montepio Crédito e no site do Jornal Económico.
Comentários