Última etapa do desconfinamento. Governo decide mudanças esta semana (com áudio)

Reunião do Conselho de Ministros na próxima quinta-feira irá definir as condições em que vai decorrer a terceira e última fase do desconfinamento no país que estava previsto para outubro, mas face ao aumento da população vacinada deverá ser antecipada.

O Governo vai decidir em reunião do Conselho de Ministros na próxima quinta-feira, 23 de setembro, de que forma irá decorrer a terceira e última etapa do desconfinamento em Portugal. Com perto de 85% da população vacinada contra a Covid-19, esta terceira fase que tinha sido definida para outubro deverá no entanto ser antecipada.

As principais alterações nesta última etapa passam pelo funcionamento sem limite máximo de pessoas por grupo em restaurantes, cafés e pastelarias, tanto no interior, como nas esplanadas. Uma medida que se estende também aos estabelecimentos, espetáculos culturais, casamentos e batizados.

Por sua vez, os bares e discotecas já regressar à sua atividade normal, sendo que deverão ser apresentados certificados digitais ou testes negativos à Covid-19.

Outra das prioridades do Executivo para os últimos três meses do ano será a da vacinação da gripe. Contudo, e já sem a task force da vacinação que deverá cessar as suas funções no mês de outubro, caberá ao Ministério da Saúde a coordenação deste processo, sendo apoiado pelas Forças Armadas.

No seu espaço de opinião na “SIC Notícias”, Marques Mendes, deu conta no último domingo, que Portugal é o melhor país entre os 27 da União Europeia (UE), tendo 86,1% da população com pelo menos uma dose e 82,7% totalmente vacinada.

Recomendadas

OE2022: Costa salienta que em caso algum o seu Governo colocará em risco contas públicas (com áudio)

O secretário-geral do PS considerou hoje que o objetivo das contas certas no Orçamento é “um bem inestimável” e salientou que em circunstância alguma o Governo aceitará colocar em risco a credibilidade externa da economia portuguesa.

Fesap exige respostas do Governo sob pena de avançar com formas de luta

A decisão foi tomada pela comissão permanente da FESAP, que considerou que o Governo tem de responder aos problemas dos trabalhadores da administração, porque a proposta de Orçamento do Estado para 2022 não o faz.

Região Norte lidera na vacinação contra a Covid-19 com 88% da população inoculada

Portugal caminha para os 8,9 milhões de cidadãos totalmente vacinados contra o vírus SARS-CoV-2, de acordo com o relatório semanal da Direção-Geral da Saúde.
Comentários