Um negócio de luxo: Michael Kors vai comprar Versace por 1,7 mil milhões

Versace, a casa de moda italiana fundada por Gianni Versace há 40 anos, vai ser comprada por Michael Kors por 2 mil milhões de dólares.

Michael Kors

O estilista de moda norte americano, Michael Kors, vai comprar a marca de luxo italiana, Versace.

Avaliada, atualmente, em 2 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros), o grupo de moda americano, pretende adicionar a italiana ao seu portefólio de marcas sofisticadas, avança a Reuters.

Como parte do acordo, a Blackstone (uma empresa de private equity norte-americana), que detém 20% da empresa, sairá completamente do acordo, enquanto a família Versace, proprietária da restante casa de moda, ficará com uma percentagem maior da quota da empresa.

Depois de investir na Versace, a Blackstone achou o desempenho do grupo de moda decepcionante e insuficiente, escreve Reuters. ”A Blackstone não ia investir mais dinheiro, [a Versace] precisa de um comprador que possa fazer grandes investimentos, [a Blackstone] gradualmente persuadiu a família (Versace) a considerar uma possível venda e apresentou-os a um número de compradores, incluindo Michael Kors” refere a agência.

Donatella Versace, irmã do falecido fundador Gianni, que também é diretora artística e vice-presidente do grupo com sede em Milão, pediu uma reunião com a equipa da empresa esta terça feira, 25 de setembro.

Recomendadas

Produzir biocombustíveis pode afetar biodiversidade tanto como alterações climáticas

“Descobrimos que a combinação das alterações climáticas com a expansão em larga escala das culturas para biocombustíveis ameaçam cerca de 36% dos habitats de todas as espécies de vertebrados, incluindo muitas que já hoje estão sujeitas a um trabalho importante de conservação”, disse Stephen Willis, da Universidade de Durham.

Bombeiros: 95% das corporações do distrito de Lisboa deixaram de informar CDOS

O presidente da federação, António Carvalho, disse à Agência Lusa que apenas três das 56 corporações de bombeiros voluntários estão a informar o CDOS de Lisboa.

Governo vai fazer estudo sobre nova linha férrea no Vale do Sousa

O secretário de Estado discursava para algumas centenas de pessoas que hoje assistiram em Rebordosa, Paredes, à apresentação de um estudo preliminar para a construção de uma linha de caminho de ferro que ligue Valongo a Felgueiras, passando pelos concelhos de Paredes, Paços de Ferreira e Lousada.
Comentários