Uma em cada quatro crianças em risco de pobreza extrema em Portugal

Os dados do Eurostat revelam que, no ano passado, 24,2% das crianças com menos de 18 anos do bloco comunitário corriam o risco de pobreza ou de exclusão social, um aumento de 22,8% quanto comparado a 2019.

Em 2020, uma em cada cinco crianças vivia em situação de risco de pobreza ou de exclusão social. De acordo com os dados divulgados pelo  Eurostat, esta quinta-feira, eram cerca de 24,2%, sendo que Portugal encontra-se ligeiramente abaixo com 22% das crianças, em 2020, nessa mesma situação.

Os dados do gabinete de estatísticas da União Europeia revelam que, no ano passado, 24,2% das crianças com menos de 18 anos do bloco comunitário corriam o risco de pobreza ou de exclusão social, um aumento de 22,8% quanto comparado a 2019.

E se nas crianças o risco de pobreza aumentou, o mesmo se verificou entre os adultos e os idosos. Segundo o Eurostat, a taxa de pobreza entre os adultos dos 18 aos 24 anos e dos idosos com 65 ou mais anos é de 21,7% e 20,4%, respetivamente, enquanto que em 2019, 21,1% dos adultos encontravam-se nesta situação, bem como 19,4% das pessoas com 65 anos ou mais.

Entre os países que registaram a maior taxa de crianças em risco de pobreza ou exclusão social, encontra-se a Roménia (41,5%), a Bulgária (36,2%), Espanha (31,8%) e a Grécia (31,5%). Em sentido inverso surge a Eslovénia, (12,1%), a República Checa (12,9%) atrás da Dinamarca (13,5%) e da Finlândia (14,5%).

Portugal encontra-se a meio da tabela, na 12.ª posição e abaixo da média comunitária, com 21,9% da população em risco de pobreza ou de exclusão social, valor idêntico ao da Áustria e semelhante ao registado em 2019.

Recomendadas

Nações Unidas homenageiam Jorge Sampaio esta segunda-feira

A cerimónia, organizada pela Aliança das Civilizações, de que Sampaio foi o primeiro alto representante, e pela missão portuguesa na ONU, é “assumida por todos os países das Nações Unidas pela relevância das funções” que Jorge Sampaio exerceu na organização e pelos resultados do seu trabalho no âmbito das Nações Unidas”, disse à Lusa o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, em declarações por telefone desde Nova Iorque.

Marcelo Rebelo de Sousa condecora João Salgueiro, antigo ministro das Finanças

“É das personalidades mais brilhantes e fascinantes que eu pude conhecer na vida, com uma capacidade de prospetiva que nem sempre é muito portuguesa”, disse o Presidente da República no encerramento do 5.º Congresso da Sedes, entidade fundada e presidida por João Salgueiro.

ASAE fecha três estabelecimentos e multa 33 por incumprimento de regras

Na operação, denominada “Outbreak”, realizada na última noite em colaboração com a GNR e a PSP, foram fiscalizados 82 estabelecimentos de 13 localidades: Porto, Braga, Chaves, Coimbra, Viseu, Covilhã, Lisboa, Cascais, Estoril, Santarém, Almeirim, Évora e Faro.
Comentários