Universidade do Porto abre candidaturas para Escola de Startups

Os empreendedores graduados que tenham ideias de negócios ligadas às artes, ciências ou tecnologias e que queiram criar um negócio podem inscrever-se até 23 de setembro.

As candidaturas para a 10.ª edição da Escola de Startups do UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto já estão abertas. O programa de aceleração de ideias de negócio tem a duração de três meses e aborda temas como o modelo de negócio, mercado e estratégia, propriedade intelectual, finanças, financiamento e apresentação do pitch.

As equipas que frequentarem a escola têm a oportunidade de assistir a workshops fundamentais para a criação de um negócio, agendar reuniões com parceiros estratégicos e empreendedores seniores, receber acompanhamento individual dos mentores do UPTEC e ainda de apresentar o projeto num evento público.

Os projetos selecionados que estejam a desenvolver tecnologias na área das telecomunicações vão ter o apoio do Vodafone Power Lab, através da entrada gratuita na Escola de Startups (isenção do pagamento da inscrição) e acesso ao espaço de incubação da Operadora no UPTEC. Este programa de incentivo à inovação e empreendedorismo da Vodafone Portugal apoia a incubação, oferece mentoring e formação, entre outras condições que contribuem para o desenvolvimento de novas empresas.

Em comunicado, a UPTEC refere que nas primeiras nove edições da iniciativa, a Escola de Startups recebeu para cima de 400 participantes, acelerou quase 200 projetos empresariais e deu origem à criação de cerca de 60 startups.

A Escola de Startups do UPTEC tem um custo por projeto de 250 euros, acrescido de IVA.

Recomendadas

EDP quer apoiar criação de empresas em Sines e Santiago do Cacém

O programa Nau, lançado pela EDP tem como parceiro o o Sines Tecnopolo. O derradeiro objetivo é potenciar um “ecossistema para o desenvolvimento de projetos empresariais ou de criação de emprego próprio, envolvendo ações de formação e consultoria, apoio técnico especializado e incubação de negócios”, refere a EDP.

Bruno Fernandes embaixador no lançamento do serviço de NFT’s de startup portuguesa

Os NFT’s poderão ser adquiridos através de pacotes de cromos, semelhantes aos que são vendidos em formato físico. Dentro de cada pacote, existem colecionáveis ​​de cinco níveis diferentes, que variam de acordo com a sua raridade: Comum, Especial, Épico, Lendário e Único – neste último, como o nome indica, apenas um será lançado para todo o mercado.

Incubadora de empresas em Palmela abre amanhã

Localizado em Pinhal Novo, o espaço foi remodelado e conta com seis gabinetes individuais, seis salas de utilização comum e zonas de apoio. O município presidido por Álvaro Manuel Balseiro Amaro quer atrair startups e acredita que este local permitirá às empresas – ou apenas empreendedores com uma ideia de negócio – desenvolverem “trabalho em rede”.
Comentários