“Vamos anunciar novos patrocinadores este mês”, anuncia Domingos Soares de Oliveira

“Em junho, vamos anunciar o lançamento de 12 parcerias e esta com a WiZink é a primeira a ser anunciada. Vamos anunciar novos patrocinadores e a renovação com patrocinadores atuais”, revelou Domingos Soares de Oliveira esta terça-feira.

O SL Benfica vai anunciar este mês um conjunto de novos patrocinadores e ainda a renovação de contratos com patrocinadores atuais, anunciou esta terça-feira, Domingos Soares de Oliveira, administrador da Benfica SAD.

“Em junho, vamos anunciar o lançamento de 12 parcerias e esta com a WiZink é a primeira a ser anunciada. Vamos anunciar novos patrocinadores e a renovação com patrocinadores atuais”, revelou Domingos Soares de Oliveira esta terça-feira.

Este administrador esclareceu no entanto que nenhuma destas parcerias a anunciar em junho estará relacionada com o naming do Estádio da Luz.

No âmbito do anúncio de uma parceria com o banco digital WiZink, que teve lugar esta terça-feira no Estádio da Luz, e que irá permitir o lançamento de um cartão de fidelização, o administrador da Benfica SAD anunciou assim a intenção das ‘águias’ em alargar a rede de patrocinadores e a renovação de contratos.

O SL Benfica e o banco digital WiZink assinaram esta terça-feira um acordo de cinco anos que visa o lançamento de um programa de fidelização para sócios e adeptos do clube da Luz.

Relacionadas

Benfica SAD vai lançar novo empréstimo obrigacionista na primeira quinzena de julho (com áudio)

Domingos Soares de Oliveira fez o anúncio à margem do anúncio da primeira de doze parcerias que irão ser firmadas em junho.
Recomendadas

Maiores bancos fecham primeiro semestre com menos 240 agências e 1.474 trabalhadores

Os cinco maiores bancos a operar em Portugal perderam 240 agências e 1.474 trabalhadores entre o primeiro semestre de 2020 e o mesmo período deste ano, segundo contas da Lusa com base nos dados divulgados pelas instituições.

Sete anos de resolução do BES: o que foi decidido?

O fim do Banco Espírito Santo foi decretado a 3 de agosto de 2014 por Carlos Costa, ex-Governador do Banco de Portugal. Conheça o que foi decidido nessa data em que o banco central colocou fim à instituição centenária fundada pela família Espírito Santo, considerada a última dinastia de banqueiros em Portugal.

Dos custos do Novo Banco às injeções de milhões. Sete anos depois, o que sobra da resolução do BES?

Os cálculos do Jornal Económico revelam que a capitalização do banco hoje liderado por António Ramalho somam 11.578 milhões de euros.
Comentários