Venda de habitação cresce 0,1% na Madeira

No primeiro trimestre atingiu-se vendas de 133 milhões de euros, o valor mais elevado desde o primeiro trimestre de 2009, diz a Direção Regional de Estatística.

A venda de alojamento familiar cresceu 0,1%, na Madeira, no primeiro trimestre, quando comparado com o trimestre anterior, e subiu 6,8% face ao período homólogo. Durante este período foram transacionados 853 habitações, o valor mais elevado desde 2019, de acordo com os dados da Direção Regional de Estatística (DREM).

Dos 853 alojamentos vendidos no primeiro trimestre, 634 foram alojamentos existido e 219 eram novos. As vendas de alojamento já existentes caiu 10,3% e enquanto que a transação de habitação nova subiu 51%, em comparação com o trimestre anterior. Já no período homólogo a venda de alojamentos existentes subiu 2,6% e a de nova habitação 21%.

Em termos de valor atingiu-se os 133 milhões de euros, mais 14% face ao período anterior, e 29% em comparação com o ano anterior, o que constitui o valor mais elevado desde o primeiro trimestre de 2009, refere a DREM.

Recomendadas

38% das empresas da Madeira reportam redução superior a 50% no volume de negócios

37% das empresas reportou ter existido um aumento no volume de negócios, quando se compara a 1.ª quinzena de junho com a 2.ª quinzena de maio.

Pandemia mostrou que a Madeira precisa de autonomia mais ampla, diz presidente do Governo Regional

O presidente do executivo madeirense disse ficou evidente aos olhos de todos, sobretudo no início desta crise pandémica, “quão necessário é assegurar para a nossa região uma autonomia mais ampla, que proporcione maiores poderes de decisão aos nossos órgãos de governo próprio”.

Madeira: inscrições no centro de emprego crescem 6%

As ofertas de emprego desceram 71% em termos homólogos, enquanto que as inserções no mercado de trabalho do longo de maio caíram 45%.
Comentários