Venda de passes com desconto para estudantes suspensa a partir de setembro

Estado não pagou uma dívida superior a sete milhões de euros às empresas de transporte de passageiros que decidiram suspender as vendas com descontos dos passes 4_18, sub23 e Social +.

A partir do mês de setembro as vendas de passes com descontos vão ser suspensas para os estudantes. Os passes em questão são os 4_18, sub23 e Social +, sendo que na base desta decisão está uma dívida do Estado superior a sete milhões de euros às empresas de transporte de passageiros, avança a rádio “TSF” esta segunda-feira.

Em declarações à “TSF”, Luís Cabaço Martins, presidente da Associação Nacional de Transportes Rodoviários de Pesados de Passageiros (Antrop), explica que “todo o ano de 2019 está em falta”.

Luís Cabaço Martins assume que “nós somos obrigados a vender os passes de estudante com desconto de 25%, no mínimo, e o Governo, que se comprometeu a pagar-nos esse diferencial mensalmente, ainda não pagou um único cêntimo”, denunciou o representante dos operadores de transportes rodoviários.

O responsável acrescenta ainda que “os operadores não podem suportar mais este encargo e decidiram que, a partir de setembro, venderão os passes sem desconto”.

Recomendadas

Marcelo: “Ninguém discute a urgência do aeroporto de Lisboa. Há um problema que é preciso resolver”

“Aquilo que penso que ninguém discute é a urgência do aeroporto de Lisboa. Ninguém discute, pelo menos não vi ninguém discutir, que há um problema que é preciso resolver”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, sublinhando que “é prematuro, neste momento, estar a comentar” qualquer iniciativa legislativa que permita ao Governo não depender da aprovação dos municípios afetados pela construção do aeroporto do Montijo para avançar com a infraestrutura.

Coronavírus: Portugal com 27 novos casos suspeitos nas últimas 24 horas, revela DGS

Os dados constam no boletim epidemiológico do Covid-19, que não reportava nenhum caso de infeção pelo novo coronavírus em Portugal até às 19:00 de hoje.

Coronavírus: DGS vai divulgar orientação específica para a hotelaria nos próximos dias

Conforme apontou a associação em comunicado, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, comprometeu-se a divulgar, “nos próximos dias, uma orientação específica para a hotelaria”, à semelhança das que já foram divulgadas para as empresas, aeroportos, companhias aéreas, agências de navegação, autoridades marítimas e portuárias.
Comentários