Vouchers para manuais escolares gratuitos atrasados devido a burocracia

Há 500 mil alunos abrangidos pelos manuais gratuitos, mas a inscrição na plataforma Mega é obrigatória, tal como é obrigatória a dupla validação dos dados, o que levou a que as escolas tivessem de ligar aos encarregados de educação.

A entrada de vouchers para que os alunos tenham acesso a manuais escolares gratuitos estão atrasadas devido a motivos burocráticos, segundo noticia este sábado o Jornal de Notícias. A necessidade confirmação dos números de contribuintes dos encarregados de educação pelas escolas e o elevado volume de inscritos estará a causar demoradas e muitos vouchers ainda não foram a atribuídos aos alunos abrangidos pela plataforma Mega.

Há 500 mil alunos abrangidos pelos manuais gratuitos, mas a inscrição na plataforma Mega é obrigatória, tal como é obrigatória a dupla validação dos dados, o que levou a que as escolas tivessem de ligar aos encarregados de educação. Segundo o Jornal de Notícias, no agrupamento de escolas Dr. Costa Matos em Gaia, a direção teve mesmo de contratar assistentes operacionais para ligar aos pais.

“É natural, com os atrasos provocados pelas avaliações e renovações de matrículas”, afirmou o presidente da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação, Rui Martins, ao JN. De acordo com informações prestadas pelo Ministério da Educação ao matutino, 335 mil alunos já estão inscritos na plataforma e os vouchers já estão a ser utilizados nas livrarias. “A plataforma Mega está a funcionar como previsto”, referiu a tutela.