Vouchers para manuais escolares gratuitos atrasados devido a burocracia

Há 500 mil alunos abrangidos pelos manuais gratuitos, mas a inscrição na plataforma Mega é obrigatória, tal como é obrigatória a dupla validação dos dados, o que levou a que as escolas tivessem de ligar aos encarregados de educação.

A entrada de vouchers para que os alunos tenham acesso a manuais escolares gratuitos estão atrasadas devido a motivos burocráticos, segundo noticia este sábado o Jornal de Notícias. A necessidade confirmação dos números de contribuintes dos encarregados de educação pelas escolas e o elevado volume de inscritos estará a causar demoradas e muitos vouchers ainda não foram a atribuídos aos alunos abrangidos pela plataforma Mega.

Há 500 mil alunos abrangidos pelos manuais gratuitos, mas a inscrição na plataforma Mega é obrigatória, tal como é obrigatória a dupla validação dos dados, o que levou a que as escolas tivessem de ligar aos encarregados de educação. Segundo o Jornal de Notícias, no agrupamento de escolas Dr. Costa Matos em Gaia, a direção teve mesmo de contratar assistentes operacionais para ligar aos pais.

“É natural, com os atrasos provocados pelas avaliações e renovações de matrículas”, afirmou o presidente da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação, Rui Martins, ao JN. De acordo com informações prestadas pelo Ministério da Educação ao matutino, 335 mil alunos já estão inscritos na plataforma e os vouchers já estão a ser utilizados nas livrarias. “A plataforma Mega está a funcionar como previsto”, referiu a tutela.

Relacionadas

Manuais Escolares Gratuitos: Guia para utilizar a plataforma Mega

A partir de hoje, famílias, escolas e livreiros podem começar a usar a plataforma Mega – Manuais Escolares Gratuitos, que irá atribuir vouchers aos 500 mil alunos de escolas públicas do 1.º ao 6.º anos. Plataforma irá redistribuir os manuais usados de forma aleatória

Livros escolares gratuitos: registo na plataforma online é obrigatório

MEGA – Manuais Escolares GrAtuitos é a nova aposta do Ministério da Educação para facilitar a aquisição de livros escolares para os alunos que frequentem o ensino público entre o 1º e 6º anos de escolaridade. A plataforma online deverá estar operacional a partir do início de agosto.
Recomendadas

Como subscrever Certificados de Reforma?

Investir para a reforma é algo que deve começar cedo, pois trata-se de um investimento a longo prazo e do qual só irá beneficiar provavelmente a partir dos 65 anos de idade. Entre as possíveis alternativas para este tipo de poupança, encontram-se os Certificados de Reforma. Saiba tudo sobre este produto financeiro.

Quer fazer um reset completo ao Windows? Veja como

O Windows está a dar problemas que não consegue resolver? Ou talvez queira vender, ou dar o computador a alguém. Estes problemas podem ser resolvidos através de um reset do Windows. Aqui fica um pequeno guia para o fazer.

Pensões aumentam entre 0,78% e 1,5% em janeiro com base na inflação

A inflação média dos últimos 12 meses, sem habitação, referente a novembro, publicada pelo INE, de 1,03% permite definir a atualização automática das pensões no próximo ano, assim como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).
Comentários