Wall Street abre no verde em dia de Black Friday

Hoje a sessão de bolsa só tem três horas e meia. Wall Street abriu em alta com o anúncio de Trump sobre as vacinas. A Disney anunciou mais 4.000 cortes de postos de trabalho depois dos bloqueios impostos para travar a evolução da pandemia terem forçado o encerramento temporário dos seus parques temáticos e as ações estão em queda.

Andrew Kelly/Reuters

Em Nova Iorque, a sessão desta sexta-feira, que terá apenas três horas e meia de negociação, abriu em alta. Nesta altura o Dow Jones sobe 0,30% para 29.963 pontos; o S&P 500 avança 0,28% para 3.639,9 pontos e o Nasdaq ganha 0,77% para 12.188 pontos.

A sessão é mais curta como é habitual na Black Friday, com os índices de ações a encerrarem à negociação às 18h (hora de Lisboa).

“A revelação de Donald Trump de que a distribuição de vacinas contra a Covid-19 nos EUA irá ter início na próxima semana, chegando primeiramente aos profissionais de saúde e idosos, parece motivar os investidores”, refere o analista do BCP, Ramiro Loureiro.

A Walt Disney anunciou mais 4.000 cortes de postos de trabalho depois dos bloqueios impostos para travar a evolução da pandemia terem forçado o encerramento temporário dos seus parques temáticos e as ações estão em queda.

O crude West Texas está a cair 1,14% para 45,19 dólares e o euro valoriza 0,22% para 1,1939 dólares.

Recomendadas

Metical valorizou 17% este ano e lidera ganhos a nível mundial

O metical é a moeda que mais valorizou desde o princípio do ano, ganhando 17% face ao dólar e melhorando para o nível de janeiro de 2020, com os analistas a anteverem mais ganhos de curto prazo.

PremiumSubida das ‘yields’ preocupa, mas não deve travar as ações

Mexidas nas ‘yields’ soberanas vão provocar mais volatilidade nas bolsas, mas as causas são ‘benignas’ e não devem impedir valorizações das ações, com sectores cíclicos e de ‘valor’ a brilharem. Por cá, PSI 20 depende muito dos ventos do Grupo EDP.

Wall Street em alta face às boas perspetivas da economia caseira

Wall Street ganhou terreno esta sexta-feira, depois de serem conhecidos dados que sugerem uma recuperação económica mais sustentada face à pandemia.
Comentários