Wall Street arranca em alta depois do debate Trump/Biden, mas Nasdaq já inverteu

O Nasdaq 100 está em queda em contraciclo com os outros índices da NYSE. Esta madrugada realizou-se o último debate entre Trump e Biden e foi mais equilibrado que o anterior. No mundo das empresas, a Autoridade da Concorrência nos EUA deverá estar próxima de emitir uma decisão final do processo que acusa a rede social Facebook de abuso de posição dominante.

Kai Pfaffenbach/Reuters

As bolsas em Wall Street abriram em alta, acompanhando o sentimento das congéneres europeias. Isto depois do último debate entre Donald Trump e Joe Biden antes das eleições presidenciais dos Estados Unidos, realizado na madrugada desta sexta-feira, em Nashville, que recorreu de forma mais civilizada que o anterior.

Mas, nos primeiros minutos de negociação, o tecnológico Nasdaq 100 inverteu para perdas, e recua 0,23% para 11.636,28 pontos. O Dow Jones avança 0,18% para 28.414,79 pontos ao fim de 15 minutos de negociação. O vasto S&P 500 ganha 0,17% para 3.459,42 pontos.

Segundo a análise do Millennium BCP, no seio empresarial destaque para reações positivas às contas Mattel e da Altra Industrials, que contrastam com as negativas aos números de Intel e American Express. O mesmo analista, Ramiro Loureiro, destaca que a Gilead segue animada com a aprovação do Remdesivir por parte da FDA como tratamento para a Covid-19.

A influenciar os mercados está ainda o facto de o FMI pedir aos reguladores para estenderem os limites às distribuições de dividendos e planos de recompra de ações próprias (share buy-back) na banca. O Fundo Monetário Internacional refere que os reguladores devem estender os limites às distribuições de resultados dos bancos para ajudar a proteger o sistema financeiro caso a recuperação económica global se mostre lenta, bem como limitar os planos de recompra de ações próprias.

Ainda no mundo das empresas, a Autoridade da Concorrência nos EUA deverá estar próxima de emitir uma decisão final do processo que acusa a rede social Facebook de abuso de posição dominante. Nota que é avançada pela “Bloomberg” e que cita fontes próximas do processo.

No NYMEX o crude WTI cai 0,07% para 40,61 dólares.

O euro valoriza 0,17% para 1,1836 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Jerónimo Martins aprova dividendos de 13,8 cêntimos por ação

O pagamento do dividendo aos acionistas – 86,7 milhões de euros – acontecerá no próximo dia 16 de dezembro.

PSI-20 fecha com perdas ligeiras em dia que os juros a 10 anos negociaram a taxas negativas pela primeira vez

O principal índice bolsista português fechou com uma desvalorização de 0,46% para 4.607,25 pontos. É a primeira queda ao fim de cinco sessões a negociar no ‘verde’. A praça lisboeta, que arrancou com ganhos, acabou por ficar penalizada pela desvalorizações do BCP e da Galp.

Histórico: Juros da dívida portuguesa a 10 anos negociaram a taxas negativas pela primeira vez

Apesar da crise provocada pela pandemia, a ação do Banco Central Europeu (BCE) tem beneficiado o custo da dívida portuguesa. Os juros atingiram hoje os -0,001%.
Comentários